Julian Lemos encerra “compromisso” com Pâmela e descarta cargo federal para jornalista

O deputado federal eleito Julian Lemos (PSL) negou, a priori, a chance da ex-primeira-dama da Paraíba e jornalista, Pâmela Bório (PSL), de assumir uma vaga no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Pâmela disputou uma vaga na Câmara Federal nas eleições deste ano, mas foi derrotada após receber votação modesta.

“Ela veio para o PSL, o partido a abraçou e deu a garantia dela ser candidata. Ajudamos financeiramente dentro das nossas posses, ela teve a sua votação e nesse primeiro momento o nosso compromisso se encerra”, afirmou.

Publicidade
ALPB

Segundo Julian, ele não tem nenhuma obrigação com Pâmela, até porque defende um novo tipo de política, pautado pela redução da máquina pública. O futuro parlamentar previu um corte de pelo menos 10 mil cargos públicos federais.

“Não vou entrar nessa mesma prática. Não vou fazer disso: ‘ah, não entrou. Vamos colocar aqui 50’. Nem sei como vai ficar a questão dos cargos federais. Vai ter um corte aí de 10 mil [cargos]”, previu.

As falas de Julian Lemos se deram durante entrevista ao programa ‘Correio Debate’, da Correio FM.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]