- Publicidade -
Cotidiano

“É o primeiro passo para melhorar à Saúde de Bayeux”, diz Noquinha ao reativar SAMU na cidade

O Serviço de Atendimento Móvel (SAMU) de Bayeux estava paralisado há três meses, mas, na noite desta quinta-feira (19), a cidade terá o serviço normalizado, para atender a população. O SAMU estava sem funcionar desde a gestão do vice-prefeito Luiz Antônio, por um defeito mecânico na ambulância.

- Continua depois da publicidade -

A Prefeitura Municipal, junto com a Secretaria de Saúde, intermediaram com a Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa, que é a responsável pelo SAMU na Região Metropolitana, a viabilização com urgência de uma ambulância para Bayeux e o pedido foi atendido.
O prefeito de Bayeux, Mauri Batista (Noquinha) informou a população que este é o primeiro passo para a melhoria da Saúde na cidade.

“Trazer o SAMU de volta à cidade, é um dos primeiros passos para que a Saúde em Bayeux possa ser um serviço oferecido de forma digna à população. Estarei viajando, em breve, à Brasília, junto com o secretário Edvan Benevides, para tentar viabilizar a chegada de novas ambulâncias para a cidade”, declarou.

O secretário de Saúde do Munícipio, Edvan Benevides, explicou que a partir de hoje a equipe do SAMU já estará atendendo a população, assim como uma ambulância também já estará disponível para atender a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade.

“A equipe do SAMU já estará atendendo toda a população, esta noite. Uma ambulância também já está disponível para a UPA e amanhã teremos mais uma atendendo as demandas do Hospital Materno da cidade”, revelou.

O SAMU pode ser solicitado por toda população através do número 192.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar