Publicidade

debate: Ricardo reitera não usar a folha para obter maioria na Assembleia

O governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição da coligação ‘A Força do Trabalho’, reafirmou que nunca compraria apoio de deputado e nem utilizaria a folha de pessoal do Estado para fazer base de apoio na Assembleia Legislativa, ao contrário do que aconteceu em gestões passadas.

Durante debate promovido pelo Portal Diário do Sertão e a OAB de Cajazeiras, Ricardo reafirmou que, se quisesse, teria maioria na Assembleia, mas que esse não é o tipo de política que ele faz.

“A folha de pessoal sempre foi utilizada para fazer base no legislativo estadual, o que é muito grave, porque ocasiona a falta de dinheiro para os serviços essenciais. Quando cortei essa prática vários políticos me acusaram de autoritário, e reafirmo que para combater o que está errado, eu sou mesmo autoritário”, disse.    

Ricardo condenou atos de corrupção vivenciados nesta eleição como prefeito que foi flagrado confessando qual o seu preço e de seus vereadores para apoiar determinado candidato a governador. 
    
“A política é uma ponte entre o sonho de uma comunidade e a sua realização, e não pode ser transformada num balcão de negócios que nega acesso a educação, saúde, infraestrutura para o povo. Não faço parte disso, porque governo em busca do interesse público”, finalizou Ricardo.

- Continua depois da publicidade -

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Fechar