Publicidade
Cotidiano

CRM-PB: fechamento do Hospital do Valentina sobrecarrega o Arlinda Marques

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) realizou uma fiscalização no Hospital Infantil Arlinda Marques, em João Pessoa, na manhã desta quarta-feira (13) e confirmou a denúncia de pacientes e da imprensa de que há superlotação na unidade. De acordo com o diretor de fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa, há falta de vagas para a internação de crianças que estão procurando o hospital por conta do fechamento do Hospital do Valentina, sob responsabilidade da Prefeitura Municipal de João Pessoa, que escoava os casos de menor complexidade.

“O Arlinda Marques é referência no atendimento de média e alta complexidade para crianças e adolescentes. Os casos mais simples, de baixa complexidade, deveriam ser atendidos no hospital municipal do Valentina Figueiredo. Ainda não sabemos porque esta unidade municipal não está internando os pacientes e encaminhando todos para o Arlinda Marques.”, disse o diretor de fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa.

- Continua depois da publicidade -

Ele ressaltou que a presidência do CRM-PB irá convidar os secretários de saúde municipal e estadual, além dos diretores do Arlinda Marques e do Valentina Figueiredo, para uma reunião, o mais breve possível, para buscar uma alternativa para este impasse e que não prejudique ainda mais a população.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar