Conselho interdita Centro de Odontologia após funcionária sofrer choque elétrico

O Centro de Especialidades Odontológicas de Patos foi interditado eticamente pelo Conselho Regional de Odontologia da Paraíba (CRO-PB), na quinta-feira (16), após uma funcionária ter sofrido um choque elétrico e diversos outros problemas terem sido constatados na unidade.

Ela ainda tentou gritar por socorro, mas não conseguiu. Porém, ela teve êxito em se livrar da tomada, e passa bem.

Devido à situação da unidade odontológica, o Conselho determinou uma inspeção urgente. A representante do Conselho, Débora Ellen Freire, foi a responsável pela fiscalização que constatou todas as denúncias feitas pelos funcionários.

Problemas

O local apresenta vários problemas de infraestrutura, principalmente quando chove. Há goteiras que inundam praticamente todos os ambientes. “Sem manutenção, a água está dando retorno, e pinga fora do lugar certo”, revelou uma servidora.

Os quatro consultórios da unidade apresentam infiltrações e problemas de má conservação, o que impossibilita o trabalho dos profissionais. Os funcionários colocam baldes para aparar a água que cai do ar-condicionado e as paredes estão deterioradas.

O auto de infração que foi lavrado pelo CRO destaca que o Centro de Especialidades Odontológicas de Patos não tem condições de atendimento e que as péssimas condições físicas colocam em risco a saúde da população e ferem os princípios do Código de Ética dos Odontólogos.

Comente