Botafogo-PB volta a jogar mal, perde para o Santa Cruz e segue sem vencer na Série C

Em mais um jogo fraco tecnicamente e de poucas oportunidades criadas, o Belo perdeu por 2 a 1 e segue sem vencer no torneio

Botafogo-PB e Santa Cruz se enfrentaram na noite deste domingo (23), no estádio Almeidão, em João Pessoa, em jogo válido pela terceira rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. Em mais um jogo fraco tecnicamente e de poucas oportunidades criadas, o Belo perdeu por 2 a 1 e segue sem vencer no torneio, e já ronda a zona de rebaixamento.

O time pessoense foi para campo com algumas mudanças destacáveis, como a saída de Everton Heleno do time titular para dar lugar ao recém-chegado Vitinho no meio campo. Outra opção do treinador Rogério Zimmermann foi a escalação de Juninho, que jogou aberto pelo lado direito.

Logo aos 4 minutos, a zaga do Belo cochilou e Chiquinho lançou para Jaderson, que apareceu livre nas costas de Fred e, na cara de Samuel Pires, tocou para fora.

E aos 10, a rede balançou para os pernambucanos. Didira cobrou falta ensaiada da esquerda, William Alves subiu mais que todo mundo e resvalou na bola para abrir o placar para o Santa Cruz no Almeidão.

O Botafogo-PB não conseguia criar, mas em uma bola alçada na área da intermediária, aos 27 minutos, Danny Morais se enroscou com Lohan e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, o camisa 9 mandou no canto direito do goleiro e deixou tudo igual no marcador.

Mais organizado em campo, a Cobra Coral chegava mais ao campo de ataque e, aos 34 minutos, Jaderson chutou com muita força da intermediária e a pelota tirou tinta do poste direito de Samuel Pires.

Segundo tempo

Depois do intervalo o Belo teve uma boa chance de virar o marcador aos 8 minutos. Kellyton cruzou da direita, a bola desviou em Rodrigo Andrade no meio da área e sobrou para Kelvin, que bateu de direita, por cima da meta do goleiro Maycon.

O Santa Cruz respondeu aos 15. Chiquinho lançou para Victor Rangel, que apareceu livre na grande área, mas Samuel Pires saiu bem do gol para fazer ótima defesa.

Na sequência, o Botafogo-PB assustou com Lohan, que invadiu a área pela direita e bateu cruzado de direita, obrigando o arqueiro tricolor a desviar a bola com a ponta dos dedos para impedir mais um tento botafoguense. Na cobrança do escanteio, Juninho bateu de esquerda a bola que sobrou no meio da grande área, mas chutou no meio do gol, para fácil defesa.

Mas quem marcou foi a Cobra Coral. Aos 21, após cruzamento da direita, Victor Rangel dividiu com Fred e a bola sobrou para Didira, que chapou de pé canhoto e venceu Samuel Pires, marcando o segundo gol do Santa Cruz no jogo.

Com o segundo revés na competição, o Botafogo-PB segue com apenas um ponto, na oitava colocação do Grupo A da Série C, mas com três jogos a mais que o Imperatriz-MA e um a mais que o Treze, os dois times na zona de rebaixamento. O próximo jogo do Belo na competição será já na próxima sexta-feira (28), diante da Jacuipense-BA, fora de casa.

Por sua vez, o Santa Cruz chegou a sua segunda vitória e agora soma 7 pontos. O líder da chave volta a campo no sábado (29), quando vai enfrentar o Imperatriz-MA, no estádio do Arruda.

Ficha técnica

Botafogo-PB x Santa Cruz

Campeonato Brasileiro Série C
Grupo A – 3ª rodada
Estádio: Almeidão – João Pessoa

Arbitragem: José Ricardo Vasconcellos Laranjeira, Wagner José da Silva e Fernanda Félix da Silva. Todos de Alagoas.

Gols: Lohan (B); William Alves, Didira (S)
Cartões amarelos: Mineiro, Lohan, Juninho, Christianno, Dico (B); André (S)

Botafogo-PB: Samuel Pires, Kellyton (Erivélton), Fred, Luís Gustavo, Christianno; Mineiro (Dico), Juninho, Vitinho, Rodrigo Andrade (Higor Leite); Kelvin (Ramon) e Lohan. Técnico: Rogério Zimmermann.

Santa Cruz: Maycon, Toty, Danny Morais (Denilson), William Alves, André (Bileu), Paulinho, Júnior, Chiquinho, Didira; Jaderson (Negueba) e Victor Rangel (Jeremias). Técnico: Itamar Schulle.

Do Voz da Torcida

Comente