Senadores destacam trajetória de Vital e aprovam seu nome para o TCU

    0

    Por unanimidade, a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), aprovou a indicação do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), para ocupar o cargo de Ministro do Tribunal de Contas da União (TUC).  Durante a sabatina, vários senadores elogiaram a trajetória de Vital e reafirmaram que o senador paraibano, é o nome mais indicado para ocupar o cargo no TCU. O presidente da comissão e relator da indicação,  o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), afirmou que Vital preenche todos os requisitos para ocupar uma vaga no Tribunal de Contas da União.

    A sabatina foi realizada pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). O próximo passo é a aprovação da indicação pelos plenários do Senado e da Câmara dos Deputados, quando então Vital será (ao que tudo indica) honrado com o título de ministro da mais alta corte de fiscalização de contas do País.  Na condição de sabatinado, Vital recebeu poucas perguntas de seus colegas parlamentares. Os 21 depoimentos foram mais dedicados a homenagear a carreira política de “um parlamentar de idoneidade moral e reputação ilibada”.

    Segundo  Lindbergh Farias, Vital é herdeiro de uma “história política longeva. O senador Eduardo Braga, PMDB-AM), disse que Vital é dotado de “admirável capacidade decisória”. Outros parlamentares como Agripino Maia, DEM-RN, Cassildo Maldaner, PMDB-SC), Valdir Raupp também elogiaram a trajetória de Vital. Gleisi Hoffman, PT-PR, lembrou que o senador do PMDB “conduziu com clareza os encaminhamentos de projetos complexos e difíceis”. Já  (Romero Jucá, (PMDB-RR), garantiu que Vital  assume, com o cargo, “uma representação que engrandece o Senado Federal”

    Emocionado, Vital agradeceu aos colegas senadores e lembrou de sua família. Ele disse que chegar ao TUC é um sonho que está prestes a realizar. “Eu sou filho e neto de homens públicos. Vi o sonho que tinha meu pai de representar a Paraíba e o Congresso Nacional no Tribunal de Contas da União. Quis o destino, por obra da providência divina, que eu fosse indicado para realizar o sonho do meu pai, eterna referência na minha vida”. Assim, o senador Vital do Rêgo (PB) declarou na saída da sabatina que o elegeu, por unanimidade (21 votos), como o próximo ministro do Tribunal de Contas da União.

    Questionado sobre como procederá com os processos que carregam as denúncias envolvendo a empresa estatal Petrobrás, Vital se mostrou tranquilo, posto que já analisa autos do processo na condição de magistrado a frente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que investiga os desvios. “O farei com a isenção que a constituição exige de um magistrado. Farei com o conhecimento técnico de quem pôde, ao longo dos últimos meses, presidir uma comissão parlamentar de inquérito dedicada a investigar as denúncias”, afirmou.

    Como ministro do TCU, Vital não terá filiação partidária. Peemedebistas lamentaram o fato de perder um correligionário, mas celebraram a conquista do poder legislativo em ter naquela Corte um intérprete dos interesses nacionais levantados pelo Congresso.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here