Semob aplicará mais de R$ 36 milhões em obras de mobilidade no próximo ano

    0

    O superintendente Roberto Pinto detalhou, na manhã desta sexta-feira (7), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), o orçamento da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) para o próximo ano, o qual contará com recursos na ordem de R$ 36 milhões. A explanação do gestor ocorreu durante a penúltima audiência pública realizada no Plenário Senador Humberto Lucena para discutir a Lei Orçamentária Anual (LOA) referente ao exercício financeiro de 2015.

    Roberto Pinto destacou que a execução de obras estruturantes na cidade de João Pessoa é uma diretriz fundamental não só da Semob, mas da gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PT) como um todo. “São elas que vão modificar totalmente nossa Capital, garantindo mobilidade e mais segurança, conforto e fluidez. É com essa visão que a gente vem trabalhando, e o prefeito tem dado prioridade a esse tema tão importante para o cotidiano de cada um de nós”, disse.

    O gestor detalhou que, para 2015, quase R$ 20 milhões do orçamento próprio da Semob serão destinados para manutenção dos serviços de pessoal e cerca de R$ 2 milhões vão para a manutenção dos serviços administrativos. Também estão previstos mais de R$ 3 milhões para ampliação da sinalização horizontal, vertical e semafórica; R$ 2,8 milhões para fiscalização eletrônica; R$ 4 milhões para fiscalização e controle do tráfego urbano; R$ 695 mil para elaboração e execução de projetos para melhorias nas vias de acesso do sistema viário de João Pessoa; R$ 170 mil para desenvolvimento de campanhas educativas de conscientização no trânsito; e R$ 153 mil para implantação e manutenção do mobiliário urbano.

    O superintendente frisou que, dentro dessas previsões, a Semob vai investir na implantação de novos abrigos em paradas de ônibus e em novos modelos de abrigos com tamanhos diferentes, para se adaptarem à largura das calçadas, que variam de acordo com as localidades, e ao volume de passageiros de acordo com a demanda de passageiros em cada bairro.

    Outro ponto focado por Roberto Pinto foi no investimento em campanhas educativas como forma de transformar os hábitos da população pessoense em relação ao trânsito. “Não acredito que a gente possa mudar a realidade do trânsito só com fiscalização; a conscientização da população está muito ligada a isso”, avaliou.

    O vereador Raoni Mendes (PDT) questionou o superintendente da Semob acerca da garantia e da fiscalização do uso de vagas exclusivas para idosos e deficientes através de concessão de cartões de identificação para os usuários. Roberto Pinto esclareceu que a medida já é aplicada em João Pessoa há alguns anos e que, para realizar o cadastramento de forma gratuita e imediata, os cidadãos precisam apenas se dirigir à sede da Semob ou às Subprefeituras de Mangabeira ou Tambaú.

    Também participaram desta quarta audiência pública na CMJP os vereadores Benilton Lucena (PT), que responde este ano pela relatoria da LOA 2015, Dinho (PR), presidente da Comissão de Finanças e Orçamento da Casa, Djanilson (PPS) e Fuba (PT), além de representantes de outras secretarias municipais, segmentos sociais e sociedade civil organizada.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here