Rômulo defende que liberação da verba do Viaduto do Geisel deve respeitar medição

2

Diante da repercussão sobre o caso da retenção de recursos federais para a execução da obra do viaduto Governador Eduardo Campos, popularmente conhecimento de “Viaduto do Geisel”, o deputado federal Rômulo Gouveia (PSD), em entrevista ao Paraíba Já, nesta terça-feira (14), afirmou que está empenhado para manter os recursos para a entrega da obra.

De acordo com Rômulo, o que houve foi uma má interpretação por parte do Governo do Estado, ressaltando que haveria um percurso após a medição da obra.

“Na verdade não houve retenção de recursos, esse assunto foi esclarecido pelo próprio ministro das Cidades. Existia uma programação após a medição, assim aconteceu e ontem foi liberado o montante”, declarou.

Rômulo afirmou que está colaborando para que os repasses de recursos sejam efetivados para a execução total do serviço.

“Estou empenhado, com o compromisso do ministro, de liberar de acordo com a medição o valor total do convênio”, explicou.

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

2 COMENTÁRIOS

  1. Com Ricardo não tem boquinha! Alguém ficou sem receber a % (porcentagem) no assunto! Daí uma das razões para o dinheiro não entrar com facilidade no cofre do Estado! Os lobos políticos são vorazes!

  2. Se o contrato diz que o dinheiro será liberado proporcionalmente a aferição da obra junto a caixa economica federal ,então o que há de errado em reter e só libera igual a aferição , errado e libera tudo , isso e dinheiro do povo ,teque haver fiscalização , não sei porque esse drama todo por parte do governo do estado, essa onda de receber tudo não termina a obra acabou com mamae Dilma .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here