Retaliação? Pré-candidato a prefeito de João Pessoa é vítima de vandalismo

    1

    Retaliação? Pré-candidato a prefeito de João Pessoa é vítima de vandalismoO ano começou com vandalismo político na capital paraibana. Circula pelas redes sociais fotos de alguns outdoors exaltando os feitos do deputado federal Manoel Júnior (PMDB), pichados com a frase “Pau mandado de Cunha”. A ofensa faz referência ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB) com quem o pré-candidato a prefeito de João Pessoa tem relações próximas.

    Recentemente, o paraibano foi apontado pela mídia nacional – ao lado do conterrâneo Hugo Motta (PMDB) – como membro da ‘tropa de choque’ de Cunha que defende a manutenção do cargo de Eduardo em Brasília. Uma matéria do globo.com publicada no dia 6 de dezembro de 2015 afirmou:

    “Manoel Júnior trabalhou ativamente na campanha do colega de partido à presidência da Câmara. Ele é amigo de Cunha e, de acordo com reportagem da revista Época, cantou seis músicas em festa de aniversário de Cunha em Brasília. No Conselho de Ética, é um dos deputados mais atuantes na defesa de Cunha. Manoel Junior costuma apresentar reiterados questionamentos nas sessões do Conselho de Ética, como uma manobra para adiar ao máximo o andamento do processo”.

    Em uma entrevista posterior, o deputado negou veementemente que esteja acastelando o presidente da Câmara. Para ele, o que deve haver é cautela na hora de julgar o colega de partido para que não ocorram injustiças e para que o Conselho de Ética não se torne, nas suas palavras, um tribunal de inquisição.

    “As denúncias sobre Cunha precisam ser avaliadas com justiça, equilíbrio e correção para que a punição, se ocorrer, e eu acho que ela deve ocorrer, seja graduada e não cometa injustiça”, disse. Ainda não existem informações sobre o autor das depredações nas placas em João Pessoa. As informações são do blog Polêmica Paraíba.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here