PT diz que morte de músico no Centro Histórico é resultado do abandono da PMJP

1

Na madrugada deste sábado, 7, o músico Pablo Roberto de Lima Santos, conhecido como Pablo Scobá Dub, foi assassinado durante uma tentativa de assalto após fazer um show no Centro Histórico de João Pessoa. O artista estava acompanhado pela esposa e um casal de amigos quando foi abordado por dois homens, e após questionar o que estava acontecendo foi atingido por um tiro na altura do coração.

Artistas de João Pessoa lamentaram a morte do músico nas Redes Sociais, e alguns se mostraram indignados com a violência no Centro Histórico de João Pessoa e a ausência do poder público.  O professor Charliton Machado, além de se solidarizar com a família de Pablo Scobá, também fez uma postagem ressaltando que “a inexistência de políticas públicas, e de ações que combatam e inibam a violência naquela região da cidade, vem agravando ainda mais a falta de segurança naquele que deveria ser um espaço de diversão e de grandes atividades culturais”.

“Não é de hoje que o Centro Histórico se transformou em um espaço que passa insegurança para quem trabalha e transita por lá. É comum dos depararmos com crianças e adolescentes em situação de risco, além de adultos que ficam ‘olhando o movimento’. Além dos assaltos, já foram relatados inúmeros arrastões e, ainda sim, o poder público nada faz, e aqui faço a minha crítica particular a gestão municipal”, colocou.

Charliton Machado questionou a Prefeitura sobre as ações sociais voltadas para as crianças e adolescentes daquela região, assim como a necessidade de instalação de Posto de Segurança que deveria ter sido construído no local: “Alguém saberia me informar que trabalho é feito pela Prefeitura com os jovens e crianças daquela localidade? Alguém saberia me informar sobre o trabalho de requalificação do Centro Histórico desenvolvido pela gestão municipal? Alguém poderia me dizer por qual motivo ainda não foi construído o Posto de Segurança que iria abrigar a Guarda Municipal?”.

“Existe uma resistência de artistas e comerciantes em tentarem dar ‘vida’ ao espaço, mas é preciso que o poder público esteja presente. O nosso Centro Histórico é um dos mais antigos do Brasil, e que possui prédios de uma beleza impressionante, e tudo isso poderia ser utilizado em benefício da comunidade, porém, o que vemos é totalmente o contrário. Temos uma Fundação Cultural, a Funjope, que não realiza nada, ou melhor, faz shows e apenas shows. Nada de políticas públicas culturais. Lamento o abandono da nossa história, e lamento ainda mais que o preço desse abandono seja a vida de pessoas como o músico Pablo Scobá Dub”, concluiu

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

1 COMENTÁRIO

  1. sinceramente essa presidente do PT realmente desconhece funções basicas da administração pública!!! Segurança pública e dever do estado Charliton ,não da prefeitura ,não só o centro historico ,mas a paraiba inteira estar insegura,graças a o caos que o atual Governo Ricardo Coutinho que você apoia fez. Não tem policia !!!! Agora você querem se aproveitar de tudo para culpa o prefeito e fazer essa politica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here