PMJP tenta maquiar ‘fila do osso’ com balanço do Trauminha dos últimos 4 anos

0

O Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio de Miranda Burity (Ortotrauma), gerido pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP), registra a realização de 17.963 cirurgias, no período de janeiro de 2013 a dezembro de 2016. A quantidade de procedimentos cirúrgicos corresponde a um crescimento de 45,90% sobre os anos de 2009 a 2012, quando houve 12.312 cirurgias. No ano de 2016, foram realizadas 5.362.

A diretora-geral do Complexo Hospitalar de Mangabeira, Fabiana Araújo, afirma que a unidade tem apresentado melhora em todos os setores. “São mais cirurgias, mais atendimentos, mais leitos disponíveis aos pacientes, tudo isto sob o trabalho de uma equipe comprometida em prestar um serviço humanizado, voltado ao restabelecimento da saúde do paciente”.

Fabiana Araújo destaca o aumento da capacidade de atendimento. “Hoje temos 190 leitos. Nestes quatro anos da gestão do prefeito Luciano Cartaxo, ampliamos a capacidade em 22,58%, em comparação com os 155 leitos em 2012. A quantidade de leitos destinados à clínica médica, por exemplo, aumentou 47,37%, passando de 38 para 56, no mesmo período”.

O vendedor ambulante Lourival Ferreira foi operado no Complexo Hospitalar de Mangabeira após ter sofrido uma queda de uma escada e ter fraturado o pé. “Eu tenho diabetes e, antes da cirurgia, a equipe verificou minha taxa para confirmar que não haveria problemas no procedimento”, disse ele.

Lourival Ferreira elogiou os profissionais do Complexo Hospitalar de Mangabeira, ao contar que há “pessoas maravilhosas na equipe” e que foi muito bem cuidado. Ele aguarda receber alta, mas deverá repousar em casa por dois meses.

1,1 mi de consultas – O Complexo Hospitalar de Mangabeira contabilizou, no período de janeiro de 2013 a setembro de 2016, a realização de 1,111 milhão de consultas, atendimentos e acompanhamentos, o que representa um crescimento de 51,29% em relação aos quatro anos anteriores. Apenas no ano de 2016 já foram feitos 172.635 atendimentos.

Outro destaque é a realização de exames laboratoriais, que auxiliam na obtenção de um diagnóstico seguro das doenças e contribuem para evitar os riscos cirúrgicos dos pacientes. A Gerência de Patologia e Hematologia realizou de 699.227 exames em quatro anos, com um aumento de 33,8% sobre os anos de 2009 a 2012. Com relação a 2016, foram realizadas, até setembro, 122.296 análises.

57 mil atendimentos – A unidade hospitalar atingiu a marca de 57.201 atendimentos ambulatoriais, como pequenas cirurgias, em que não há internação do paciente, no período de janeiro de 2013 a setembro deste ano. O quantitativo supera em 65,98% o que foi realizado no período de 2009 a 2012. Com relação ao ano de 2016, são 9.278 procedimentos.

Nos últimos quatro anos, foram realizadas 24.623 internações, 12,51% mais que nos anos de 2009 a 2012. Até setembro de 2016 foram registradas 4.965 internações. De acordo com a diretora-geral do Complexo Hospitalar de Mangabeira, Fabiana Araújo, pacientes que residem em outros municípios representam uma média de 25% entre o total de atendimentos e uma média de 40% das internações.

Balanço de 2013 a 2016

Leitos – 190
Cirurgias – 17.963
Consultas – 1.111.028
Atendimentos ambulatoriais – 57.201
Internações – 24.623
Exames laboratoriais – 699.227
Radiologia – 407.289
Ultrassonografia – 19.253
Tomografia – 18.790
Endoscopia – 4.181

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here