PM desarticula quadrilha que abastecia com ecstasy ‘festinhas’ de jovens de classe média

0

Os policiais da 6ª Companhia do 1º Batalhão desarticularam nas últimas horas uma quadrilha suspeita de vender comprimidos de ecstasy a estudantes da Capital. Os suspeitos, dois homens e uma mulher, foram presos em três bairros com 387 unidades da droga, através de uma operação coordenada pelo capitão Sidnei Paiva.

O oficial contou que a prisão dos suspeitos começou com uma abordagem a um estudante de 25 anos, na frente do Campus I da Universidade Federal da Paraíba, no bairro do Castelo Branco. “Com ele, encontramos 100 comprimidos de ecstasy e flagramos o suspeito conversado por um aplicativo de celular com o chefe do esquema criminoso, que era funcionário de uma faculdade do Centro da Capital”, detalhou.

Os policiais foram até a faculdade e encontraram o suspeito, de 22 anos, que levou a PM até a casa dele, no bairro do Roger, onde estavam outros 100 comprimidos da mesma droga e duas balanças de precisão. O jovem revelou que contava com o apoio de uma estudante universitária, de 19 anos, que era responsável por guardar as drogas, no bairro de Mangabeira, e fazer o serviço de entrega também em festas de música eletrônica. Com ela, foram apreendidos outros 187 comprimidos e uma caderneta de ‘clientes’.

“Com a prisão dos três, desarticulamos um esquema que fornecia este tipo de droga para pessoas de classe média alta em universidades e festas”, concluiu o capitão. O trio foi apresentado na Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here