Parlamentar paraibano defende investigação e impeachment de Temer

0
574

O deputado federal paraibano Efraim Filho (Dem) defende uma investigação imediata das autoridades para as denúncias de que o presidente Michel Temer teria negociado com a JBS o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha. Além disso, o parlamentar diz que se for comprovado infração à Constituição, o rito de impedimento tem que ser seguido como foi com a presidente Dilma Rousseff.

“É preciso buscar, de forma rápida, respostas para a sociedade brasileira. […] A investigação dos fatos irá dizer se houve qualquer infração à Constituição. Em se configurando qualquer infração à Constituição, o rito tem que ser seguido como foi com a presidente Dilma, de impedimento”, afirmou o deputado paraibano.

Segundo a denúncia, o empresário Joesley Batista, dono do grupo J&F e da JBS, teria entregado áudios à Procuradoria-Geral da República com gravações nas quais Temer teria pedido a Joesley a manutenção de mesadas ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e a Lúcio Funaro, um dos operadores do petrolão, para que ficassem em silêncio sobre o esquema de corrupção.

As informações são do Congresso em Foco.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here