Paraibana diz que “punição” para ‘pedaladas’ é o impeachment de Dilma

    0

    A deputada estadual Camila Toscano (PSDB), em entrevista ao Paraíba Já, nesta quinta-feira (03) fez comentários que demonstram o seu apoio a abertura de processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), anunciado ontem pelo presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB/RJ).

    “Hoje o Brasil vive uma crise, uma crise política, uma crise econômica, e aí o deputado Eduardo Cunha aceitou esse pedido com base em algumas infrações supostamente cometidas pela presidente. Se de fato ela o fez, se de fato houve essa pedalada fiscal que ele afirma que foi feito nesse ano de 2015, tem que se investigar. Se a presidente agiu desta forma, se houve essa pedalada ela tem que ser punida, e a punição neste caso é o impeachment”, declarou a deputada.

    O pedido do impeachment foi aceito na tarde de ontem (02) pelo então presidente da Câmara, Eduardo Cunha, horas depois de a bancada do PT anunciar que votaria contra o presidente no Conselho de Ética. O deputado é acusado de quebra do decoro parlamentar, acusado pelo Ministério Público de possuir contas no exterior e apontado como suspeito de ter recebido propina de R$ 45 milhões do banco BTG Pactual, para que apresentasse emenda a uma MP que beneficiasse a entidade financeira.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here