Mortes no trânsito na Paraíba crescem 70,9% em 10 anos, revela pesquisa

    0

    O número de vítimas de acidentes com motocicletas cresce em todo o país na proporção do aumento desse tipo de transporte nas ruas dos grandes centro urbanos, nas cidades de porte pequeno e médio, além da zona rural, onde os agricultores quase não utilizam mais cavalos como meio de locomoção. A questão virou um problema de saúde pública.

    A imprudência, a falta de habilidade em pilotar uma moto, a ingestão de bebidas álcoolicas são os principais fatores do elevado número de mortes e de vítimas que ficam com seqüelas. Neste domingo (16) o Jornal A União traz reportagem assinada pela jornalista Cleane Costa que mostra um levantamento feito pelo Hospital de Trauma e Emergência de João Pessoa. veja algumas estatísticas.

    De janeiro a outubro desse ano o Hospital de Trauma de João Pessoa atendeu 7.662 pessoas vítimas de acidentes de trânsito. Desse total, 70,45% dos acidentados estavam em motocicletas. No mesmo perído 921 pessoas sofreram acidente de automóvel. Já o número de atropelados também é alto: 849 atendidos no Hospital de Trauma da capital. Esse ano a média é de 25 pessoas acidentadas no trânsito, por dia. Esses dados até outubro já superam os números de vítimas atendidas no ano de 2013.

    Mortes – A reportagem de A União também mostra que em 10 anos as mortes no trânsito cresceram 70,9%. De acordo com o Mapa da Violência 2013 as estatísticas apontam que no ano de 2001 no trânsito da Paraíba morreram 424 pessoas. No ano de 2011 os óbitos por acidentes de trânsito no Estado subiu para 792 vítimas. Os motociclistas são as maiores vítimas do trânsito.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here