Hospital da Mulher só não foi construído por que PMJP é incapaz, dispara Charliton

0

A declaração do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) está causando polêmica entre a classe política paraibana. Durante entrevista em uma rádio local, Cartaxo alegou que mesmo se for reeleito não possui condições de resolver todas necessidades de uma cidade da capacidade de João Pessoa e que não entregou o Hospital da Mulher por falta de recursos do governo federal.

Em contrapartida, o presidente do PT na Paraíba e pré-candidato a prefeito em João Pessoa, Charliton Machado, rebateu a afirmação de Cartaxo acusando o mesmo de um governo medíocre, citando diversas deficiências na administração municipal, assim como respondendo que o hospital pode não ter sido entregue por falta de projeto com boa elaboração.

De acordo com o petista, o prefeito foi acomodado em não buscar recursos para a construção do Hospital da Mulher, promessa de campanha do guia eleitoral de Cartaxo em 2012. Charliton inclusive citou problemas na gestão do Executivo do município – lembrando de casos de corrupção –  e acusou de falta de diálogo com a população. Ele também destacou que outras prefeituras e governos estaduais buscaram oportunidades para a entrega de suas obras e serviços para a sociedade. Para o presidente partidário, Cartaxo ainda não se mostrou a que veio, ainda falta muito o que se fazer.

“Primeiro ele precisa dizer quais desafios ele não pode cumprir, posso citar mais de 50 obras que a gestão não entregou à cidade. Isso é um debate público. A não entrega do Hospital da Mulher pode ter sido a incapacidade do governo de criar um projeto para esta funcionalidade. Outras prefeituras foram atrás de recursos, criaram inúmeros hospitais, criaram projetos. Houve comodismo da gestão, em algumas questões. Do ponto de orçamento participativo apenas só tivemos 6% de execução. A administração municipal abandonou o programa de participação popular, precisamos de projeto popular, projeto de cultura. A secretaria de Turismo não tem política social na cidade, ela esvaziou, isso é fato não tem como negar. Sem contar, a intervenção nos Conselhos Municipais de Saúde intervindo nas decisões democráticas, no controle social nas transparências. Tudo é muito evidente. O CRJ de Mangabeira foi fechado, o campo da Graça foi fechado também. Muitas obras demarcadas por muita corrupção e desvio de recursos até com comprovação da CGU. A cidade vive um caos no trânsito, quantos quilômetros foram construídos de via? Ele ficou devendo a população, são erros graves. De 600 ruas ele pavimentou 39, isso é um absurdo”, comentou.

O pré-candidato do PT a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) ainda lembrou que Cartaxo só entregou obras com recursos federais e hoje age com ingratidão culpando o governo federal por não trabalhar pela capital paraibana.

“Toda gestão do governo Cartaxo tem marcas do governo Dilma. Por exemplo a entrega das creches que são com recursos federais, investimentos na Lagoa, dentre outros”, concluiu.

 

 

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here