Por não terem “namorado”, PT e PSB enfrentam crise na PB, diz deputado

    0

    O deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB), líder da bancada governista na Assembleia Legislativa, em entrevista a uma emissora de rádio de João Pessoa na manhã desta segunda-feira (27), comparou a aliança entre PT e PSB como um relacionamento amoroso. Na visão do parlamentar socialista, as duas legendas teriam pulado uma das etapas do desenvolvimento da relação e que, por esta razão, há uma certa crise.

    Para ele, não houve “namoro” entre as duas legendas. “Eu sou da tese de que, para você casar, é preciso namorar e a aliança feita entre PT e PSB no último pleito, que foi muito importante para a postura e votação que Lucélio recebeu e para a vitória do governador Ricardo Coutinho, não houve esse namoro. Ali houve uma paquera e um casamento, e não um namoro”, observou.

    “Eu defendo que haja um namoro e que venha a se estabelecer condições, programas, metas a serem atingidas e isso nós só podemos fazer com o prefeito Luciano Cartaxo. Então vamos procurar todos que tem um mandato e todos que não têm, e aí eu falo da militância do PT e PSB e procurar convergir, somar”, completou o deputado.

    Hervázio diz que concorda com a aliança, mas que é contra ocupação de cargos. “Eu particularmente defendo a manutenção dessa aliança, digo isso de forma pública. Fui contrário à ocupação de cargos de membros do PSB no governo do PT, até pela dificuldade que se tem. O prefeito Luciano, com a equipe já formada, não teria muitos cargos para oferecer ao PSB. E na hora que ele fosse incluir, teria que excluir”, afirmou.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here