Envolvido com Dinheiro Voador, Odebrecht e Lava Jato, Cássio diz que deve ser investigado

0

Com um currículo de fazer inveja a muitos políticos, o 1 vice-presidente do Senado Cássio Cunha Lima (PSDB) é um dos 29 senadores investigados pela Procuradoria Geral da República (PGR). Nesta terça-feira, o ministro relator da Operação Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, autorizou a abertura de inquéritos para os nomes citados nas delações de diretores da Odebrecht.

Para se defender, Cássio gravou um vídeo e mostrando que é um paraibano arretado, afirmou categoricamente que tem que ser “investigado mesmo”.

Cássio detém um dos currículos mais admirados no cenário político na última década. É investigado pelo STF no caso Concorde, em que dinheiro literalmente voou durante a campanha de reeleição para o Governo do Estado, em 2006. Além disso, ele esteve presente na lista da Odebrecht, no ano passado. Assíduo em listas, Cássio também integra a tão aguardada lista de Fachin.

Comente

Camara Municipal

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here