Documentário paraibano é destaque na programação do É Tudo Verdade

0

O paraibano Edmilson Junior, estudante de ciências sociais da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e cineasta nas horas vagas, recebeu com surpresa e euforia a notícia de que seu filme, Praça de Guerra, fora selecionado para a edição deste ano do É Tudo Verdade, que acontece simultaneamente em São Paulo (SP) e no Rio de Janeiro (RJ). É o maior e mais importante festival de filmes-documentários do Brasil e também um dos mais prestigiados do mundo.

Seu curta de documentário vem fazendo uma carreira promissora nos festivais que tem passado. No 10º Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro, levou o prêmio da crítica, o de melhor curta paraibano e melhor curta pelo júri popular. O crítico de cinema do jornal O Estado de S. Paulo, Luiz Zanin, rasgou elogios ao filme em texto publicado no seu blog.

Documentário paraibano é destaque na programação do É Tudo Verdade
Bastidores das filmagens de Praça de Guerra

O diretor Edmilson Junior diz estar feliz com a seleção de Praça de Guerra para o É Tudo verdade e ansioso para ver a recepção de outros públicos ao seu filme.

“Foi uma surpresa muito boa saber que o Praça de Guerra foi selecionado para compor a mostra competitiva de curtas-metragens de um festival tão importante como o É Tudo Verdade, o que me deixa também um pouco ansioso já que esse é o primeiro festival fora do estado (Paraíba) que o curta participa, serão pessoas de outras regiões que irão às exibições, vai ser interessante ver como se dá essa recepção por um público diferente”, revela.

O filme

Documentário paraibano é destaque na programação do É Tudo Verdade

Praça de Guerra aborda a história de quatro jovens idealistas que nos anos 1960, inspirados pelos ideais revolucionários, criaram um pequeno foco de guerrilha e tentaram tomar o poder em plena vigência da ditatura militar e do coronelismo em Catolé do Rocha, alto Sertão da Paraíba. O documentário leva essas figuras de volta aos locais onde aconteceu e rememora o fato mais de 40 anos depois.

Pela temática abordada, o diretor Edmilson Junior pontua que o filme pode também ser importante pela reflexão sobre atual momento político pelo qual o país passa. “Apesar de o filme ter um recorte histórico específico (final da década de 1960) ele pode suscitar debates sobre a atual conjuntura política do país, o que também pode ser interessante”, opina.

Exibições

Praça de Guerra terá quatro exibições durante o festival É Tudo Verdade. A primeira será nesta terça-feira (12), às 16 horas no Centro Cultural São Paulo, a segunda no dia 13, às 15 horas, no Cearte. As outras duas serão no Rio de Janeiro (RJ), dia 14, às 17hs, no Espaço Itaú Botafogo – Sala 6, e no dia 15, às 14 horas, no Instituto Moreira Salles.

O filme concorre na Competição Brasileira de Curta-Metragem do festival É Tudo Verdade.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here