Deputados solicitam agilidade nos recursos para conclusão dos trabalhos

    0

    Boa parte do trecho que abrange 40,8 km e percorre as cidades de Itatuba, Ingá, Itabaiana e São José dos Ramos foi percorrida na manhã desta sexta-feira (13), por 16 deputados paraibanos que foram conhecer as obras do sistema adutor das vertentes litorâneas, o Canal Acauã-Araçagi. Antes de visitar o canteiro de obras, os parlamentares assistiram vídeos e conheceram detalhes do projeto, no escritório da obra, em Mogeiro. O engenheiro e responsável pela supervisão dos trabalhos, Leonardo Saldanha, da empresa Ecoplan, foi quem fez a explanação. A visita foi uma iniciativa da Frente Parlamentar da Água, presidida pelo deputado Jeová Campos (PSB) e se constituiu na primeira ação itinerante da Frente após sua instalação pela ALPB.

    O presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino, que integrou a comitiva, destacou a histórica ‘conta’ do governo federal com o Nordeste no tocante a liberação de recursos para resolver o problema da seca e disse que a Frente Parlamentar da Água terá um papel importante na cobrança deste ‘pagamento’. “Vamos nos mobilizar para cobrar, através da Frente Parlamentar da Água, que os recursos para conclusão das obras da transposição e do canal sejam liberados”, disse Adriano, lembrando que essa mobilização também vai envolver parlamentares de outros estados do Nordeste, com ações também em Brasília.

    Para o deputado Jeová Campos, a visita ao canal das Vertentes foi muito produtiva, principalmente, pelo fato dela consolidar a união dos parlamentares paraibanos numa ação suprapartidária, cujo foco é buscar soluções que contribuam para resolver os problemas da falta de água e utilização racional dos recursos hídricos. “A tarefa da Frente é muito mais relevante do que se pode imaginar porque nós estamos debatendo uma questão fundamental para a sobrevivência das pessoas que é a água e fico muito feliz de constatar, com essa expressiva representatividade, que os deputados da Paraíba entenderam a nossa proposta e sem barreiras partidárias se mostram dispostos a unir forças para alcançarmos esse objetivo que é resolver esse grave problema que atinge os paraibanos”, destacou Jeová.

    Perplexo diante da magnitude da obra, Jeová lamentou o fato de poucas pessoas conhecerem o canal Acauã-Araçagi. “Estou admirado com o que vi hoje aqui. O governador Ricardo Coutinho está de parabéns. Essa é, de fato, a maior obra hídrica da história da Paraíba e lamento apenas o fato de poucas pessoas, inclusive, as que moram nos 38 municípios que serão beneficiados diretamente, não conhecerem essa maravilha”, disse Jeová.

    O grupo de parlamentares conheceu a tomada d’água do reservatório da barragem Acauã, além das tubulações e outras etapas da construção, que já está 70% concluída. Vale lembrar que todo o sistema adutor terá extensão total de 112,4 quilômetros e que ele receberá as águas da Transposição do São Francisco, a partir da barragem Acauã, no município de Itatuba. De acordo com dados do Governo do Estado, o lote II do canal passará por Sobrado, Mari, Sapé e Riachão do Poço. O canteiro de obras do lote III será entre Mamanguape e Araçagi, com obras em Cuité de Mamanguape, Araçagi, Itapororoca e Curral de Cima, numa extensão de 30,58 km.

    Jeová Campos lembra que além destas audiências, outras ações serão definidas e executadas em conjunto com parlamentares de outros estados do Nordeste, para que a pressão política se dê em bloco e surta o efeito que teve no Sul. “A seca no Nordeste é secular enquanto que em São Paulo foi recente, mas, com união e pressão política, o Sudeste conseguiu a liberação de R$ 800 milhões para resolver o problema da seca por lá. Não á toa a união faz a força e os parlamentares paraibanos estão unidos. Vimos isso aqui hoje e estou muito feliz com essa receptividade”, disse Jeová.

    As próximas ações da Frente Parlamentar da Água acontecerão no próximo dia 20, com visitas às obras hídricas nas cidades de Cajazeiras e São José de Piranhas e no dia seguinte, na cidade de Souza, onde será realizada uma audiência pública. Em abril, haverá duas audiências públicas na ALPB, uma no dia 09, com o diretor presidente da Agência Nacional da Água – ANA, Vicente Andreu e outra no dia 17, com o Secretário Executivo do Ministério da Integração Nacional, Carlos Antônio Vieira.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here