Pedro diz que não é preciso radicalizar e que PT é culpado pela rejeição da redução da maioridade

    0

    O deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB), em entrevista ao Paraíba Já na manhã desta quarta-feira (1), que votou a favor da redução da maioridade penal de 18 para 16 anos, afirmou que não é preciso radicalizar, pois existe uma margem que precisa ser respeitada. Além disso, culpou o PT pela rejeição da proposta, que é requerida pela população. “É decepcionante, já que a população dava um sinal claro de necessidade de mudança, e o PT foi contra isso”, disse.

    Ele justificou seu voto a favor da redução ” não por achar que seja a solução, pois o foco real seria a educação”, mas porque acredita “que um adolescente de 17 anos compreende que matar alguém é um crime e a informação que chega ao mundo do crime”.

    Pedro ainda afirmou que o PSDB não tem pretensão de ser a favor da redução da maioridade penal em todos os crimes. Mas caso haja ajustes na proposta, o apoio continuará.

    “Pelo ímpeto do presidente Eduardo Cunha, ele já demonstrou que usará todos os artifícios para que seja possível aprovação da emenda. Vão diminuir ainda mais o hall, para conseguir retaliar votos. A redução não era total, apenas para alguns crimes mais graves. Haverá redução no hall, pelo menos na questão do tráfico que estava inclusa, para em seguida recorrer novamente”, explicou.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here