Coordenador da campanha de RC critica coligação de Cássio por intimidar trabalho da PM

    0

    O jornalista Célio Alves, coordenador geral a campanha de reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB), classificou como “reprovável” a tentativa da coligação A Vontade do Povo, encabeçada pelo candidato Cássio Cunha (PSDB), de intimidar a Polícia Militar, uma instituição que, segundo ele, há quase 200 anos presta relevantes serviços à Paraíba.

    “A Polícia Militar age ostensiva, repressiva e preventivamente, não dependendo de ordem judicial para abordar um veículo e averiguar uma denúncia de crime eleitoral. Ao cumprir seu mister, a PM, formada por bravos homens e mulheres, não abusa de sua autoridade, como afirma a coligação de Cássio”, disse Célio Alves.

    “Estão, na verdade, com saudades de uma Polícia Militar agachada, cuja atuação livre e legal era comprometida pela descabida intromissão política. De 2011 para cá, a PM recuperou sua autoridade, tendo sua autonomia respeitada pelo governador Ricardo Coutinho”, acrescentou o coordenador da campanha socialista.

    Para o jornalista, a Polícia Militar deve seguir firme na repressão aos ilícitos eleitorais “doa a quem doer, para evitar o que se viu no primeiro turno das eleições em Campina Grande, quando um parente de Cássio foi preso em flagrante sob acusação de compra de voto. Talvez por isso temam tanto a PM”.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]