Com problemas financeiros, Santa Cruz sofre debandada de jogadores

    0

    O Santa Cruz de Santa Rita clama por dias melhores. O time faz uma boa campanha no Campeonato Paraibano, dentro de suas limitações. Nesta quinta-feira (19), recebe o CSP no Estádio Teixeirão, às 20h30, pelo Estadual

    Dentro de campo, o desempenho até aqui agrada a torcida. Diretoria, comissão e atletas também aprovam o retrospecto após 9 rodadas disputadas, que deixa o time na sétima colocação do torneio, com 10 pontos ganhos. O grande problema encontra-se fora das quatro linhas, onde o clube vem acumulando problemas.

    A sina do Teixeirão, enfim, teve desfecho feliz. Para ser coroado com a liberação do Ministério Público, o Santa Cruz precisou ser perseverante na causa. Correu contra o tempo, e depois de tentar durante todo estadual de 2014, enfim, veio o aval em 2015. Estádio reaberto, e a novela teve final feliz.

    Se um problema foi solucionado, um outro decidiu dar as caras no Tricolor Canavieiro. Salários atrasados, que já haviam sido motivo de insatisfação em janeiro, voltam à tona. Na quinta-feira passada (12), a equipe não treinou em sinal de protesto pelo débito.

    Os braços cruzados dos atletas sinalizava a insatisfação com a situação que novamente pesava o ambiente. Segundo a assessoria de comunicação do clube, os salários atrasados serão pagos ainda nesta semana, e toda pendência financeira que atordoa os ares do Tricolor Canavieiro poderá ser resolvida.

    Para o decorrer do Estadual, mais problemas. Os meias Gildo e Thiago Almeida foram dispensados e não fazem mais parte do elenco do time de Santa Rita.

    Além deles, os dois principais jogadores também deixaram o clube. O atacante Eduardo Recife, grande destaque do time em 2015, acertou transferência para o CSE-AL. Já o goleiro Léo Russo, que vinha fazendo grande temporada debaixo das traves, por motivos pessoais, pediu dispensa e não defende mais as cores do Santa Cruz.

    Dor de cabeça imensa para o técnico Mirandinha, que ainda conta com dois jogadores no departamento médico para o próximo confronto. O lateral direito Alisson Cacheado sentiu um desconforto na coxa, enquanto o lateral esquerdo Jonathan sofreu uma entorse no tornozelo. Ambos são dúvidas para o jogo desta quinta contra o CSP.

    Uma vitória diante do CSP pode render a equipe de Santa Rita a volta ao G4. Com o Teixeirão recebendo o seu segundo jogo após a reabertura, a esperança da diretoria é que o torcedor da Cobra Coral Canavieira compareça em bom número para que a equipe tenha uma boa renda para, quem sabe, amenizar os problemas financeiros.

    As informações são do blog Voz da Torcida.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here