Cássio reúne empresários em Campina e mostra trabalho de reestruturação fiscal

    0

    Antes de ser sabatinado na Associação Comercial e Empresarial de Campina Grande (ACCG), no início da noite desta segunda-feira (22), o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), candidato a governador pela Coligação “A Vontade do Povo”, fez um breve relato da situação fiscal da Paraíba durante sua passagem pelo Palácio da Redenção.

    Utilizando projetor multimídia, o tucano explanou que, em 2003, primeiro ano do seu mandato, o comprometimento da receita líquida do Estado com a dívida fundada era de 14,8%. Os débitos, inclusive, vinham descontados do Fundo de Participação dos Estados.

    Com a política fiscal implementada, de acordo com o senador, esse patamar caiu pela metade no ano de 2008, tendo sido a primeira vez na história que além de pagar os juros, a Paraíba conseguiu amortizar o principal da dívida, algo incomum no serviço público.

    “Nós fizemos uma gestão fiscal que permitiu, já em 2008, um alívio muito grande das contas públicas. O que fica comprovado com esse gráfico é o nível de responsabilidade fiscal que tivemos com a Paraíba. Porque é muito bom alguém chegar aqui e dizer ‘faço mais, faço menos’, quando encontra uma situação de equilíbrio comparada a uma situação de desequilíbrio”, comentou.

    E Cássio exemplificou: em 2003, para cada real que a Paraíba arrecada, devia R$ 1,40. Já em 2008, a situação fiscal apontava que para cada real arrecadado, o Estado devia R$ 0,60.

     

     

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]