Carnaval Fashion: Cafuçu é principal atração do Folia de Rua nesta sexta-feira

    0

    Sabe aquela legging de oncinha que você guarda com um pouco de vergonha no fundo do seu guarda-roupa? E aquela pochete que você não encosta desde o fim dos anos 80? Pois é hora de tirar a poeira de tudo isso e ir para a rua. O Cafuçu, bloco mais irreverente da prévia carnavalesca de João Pessoa, é a principal atração do penúltimo dia do Folia de Rua. A concentração está prevista para as 19h, na Praça Dom Adauto, Centro, com a animação das bandas Brega é Você, os DJs Naza e 10zanu, além de cinco orquestras de frevo.

    A expectativa da organização é levar mais de 50 mil pessoas para descer pelas ladeiras do Centro Histórico, ao som de marchinhas e muito frevo. Em meio a tantas fantasias e visuais hilários, a tarefa de criar algo que se destaque na multidão é árdua. Mas quem será que poderia ajudar nisso? Só podemos “contar com a astúcia” de uma pessoa, Maria do Socorro Mendes, a Corrinha, rainha “ó-concu” – “é francês, é chique”, afirma – do Cafuçu.

    A roupa de Corrinha já antecipava o que estaria por vir. Um amarelo mostarda e estampas imensas. “Para ser um verdadeiro cafuçu, quem que abusar do colorido, colorido é fundamental”, explica, em tom professoral. “Tem lista? Põe um estampado junto, sem remorso. Aquilo que era moda e não é mais também entra. A gente tem que pegar o exagero de certas modas e rir disso”, completa Corrinha.

    Para as mulheres, parece que improvisar um look cafuçu é mais fácil. “Brincos coloridos, grandes não podem faltar. Pegue todos os anéis que você tiver e vá colocando em todos os dedos, não é pra economizar [gargalhadas]”, enumera. Ela usa as roupas e acessórios de seu próprio guarda-roupa. Não é de se espantar que ela monte um visual com tanta facilidade, pois, desde 2001, Corrinha se veste para o bloco, ganhando o título por quatro anos seguidos.

    Ela diz que ficou fascinada pela moda do pau de selfie, para ela, o invento mais cafuçu da década. “É o item da moda, pedi para meu irmão fabricar um para mim”, conta. E, claro, o equipamento tem que ser de ponta. Um cabo de guarda-chuva, um flash pequeno de LED, pedaços de cano e um moderníssimo Nokia 6120 compõem o arrojado acessório.

    Apesar de ter criado um visual só para nós, ela não quis mostrar o que preparou para o desfile do bloco. Este ano, ela vai de Corrinha Leitte, a versão Cafuçu da estrela de axé Cláudia Leitte. “Me inspirei no visual ‘Galinha Pintadinha’ que ela escolheu para a Copa do Mundo”, revela Corrinha. No entanto, ela afirma que a escolha foi difícil, pois as concorrentes competiam de igual para igual. “Gaby Amarantos e Regina Casé são verdadeiras cafuçus, vivo olhando as roupas que elas usam e vou anotando para copiar. Mas, no fim, escolhi Claudinha porque ela encarna o espírito do bloco. Ela quer ser chique, mas acaba agindo de forma muito cafuçu [gargalhadas]”, brinca a Rainha do Cafuçu, soltando uma de suas inconfundíveis risadas.

    Com informações de André Luiz Maia – Jornal A União

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here