Botafogo-PB vence o Treze no Amigão e fica perto do título Paraibano

0

Uma partida eletrizante marcou a primeiro jogo das finais do Campeonato Paraibano 2017. O Treze foi buscar o empate por duas oportunidades, mas Rafael Oliveira marcou o gol que garantiu a vitória do Belo por 3 a 2, em pleno Amigão, na noite deste domingo (30).

Até quase a metade do segundo tempo o ritmo da partida foi muito forte. Com grande intensidade, as chances apareciam para os dois lados, e a quantidade de gols da partida refletiu bem  o que foi o jogo.

O Treze fez uma blitz aos 11 minutos. Dico recebeu na direita e cruzou, Marcelinho Paraíba cabeceou na pequena área, tirando de Michel Alves, mas Bruno Maia tirou em cima da linha. No rebote a bola foi para Dedé, que da marca do pênalti encheu o pé, mas mandou por cima da meta.

A resposta do Belo foi imediata. Aos 13 minutos Sapé recebeu na entrada da área do lado esquerdo, driblou o zagueiro puxando para o meio e bateu de pé direito, no canto direito do goleiro Diego, que pulou mas não conseguiu fazer a defesa, e o Botafogo-PB abriu o placar.

O Galo tentou empatar o jogo e teve grande oportunidade aos 21 minutos em um chute de fora da área de Jean Carlo. Michel Alves caiu mal, mas a bola passou a direita de sua trave.

A metade final do primeiro tempo tinha o Treze pressionando e o Botafogo-PB se defendendo, mas tentando chegar ao ataque em momentos de desatenção da zaga do time de Campina Grande, que em duas oportunidades errou passes na saída de bola e quase levava o segundo gol.

Mas a pressão alvinegra deu certo, e no último lance antes do intervalo o Treze conseguiu o empate. Edinho arrancou pela esquerda e cruzou para o meio da área. Michel Alves espalmou a bola para frente e Jean Carlo chegou batendo de primeira, de pé direito, e estufou a rede botafoguense, empatando o jogo.

Segundo tempo

Já na volta do intervalo o Belo voltou a ficar na frente do placar. Depois de contra ataque puxado pela direita, Lito invertou o jogo e encontrou Fernandinho na esquerda, que avançou, invadiu a área e mandou uma bomba de pé esquerdo no ângulo direito de Diego aos 3 minutos para recolocar o Botafogo-PB em vantagem.

Diferente do primeiro tempo, desta vez a resposta do Galo não demorou. Aos 9 minutos Marcelinho Paraíba cobrou falta da direita para a área, e depois de confusão, Jean Carlo apareceu para mandar de cabeça a bola para as redes, marcar seu segundo no jogo e empatar a partida mais uma vez.

O ritmo do jogo começou a cair devido a intensidade muito fôlego, e o jogo já não era o mesmo.

Mas alguém com gás incendiou a partida e colocou o Botafogo-PB na frente do placar mais uma vez. Fernandes, que acabara de entrar, aos 25 minutos, puxou contra ataque em alta velocidade pela esquerda e cruzou na cabeça de Rafael Oliveira. O artilheiro do Brasil testou com categoria, no canto direito do arqueiro Diego, que nada pode fazer para evitar o terceiro gol do Belo.

O treinador Celso Teixeira resolveu então fazer as três mudanças no Treze de uma só vez. Com fôlego novo, o Galo passou a ficar desorganizado e não conseguia mais manter a intensidade do começo do jogo.

Mas aos 45 minutos, Michel Alves foi obrigado a intervir para evitar o empate. Edinho recebeu dentro da área de costas para a defesa, fez o giro e chutou forte de pé direito no canto esquerdo do arqueiro do Belo, que fez grande defesa e garantiu a vitória.

O placar de 3 a 2 para o Botafogo-PB dá a vantagem do Belo de perder por até um gol de diferença no próximo domingo (07) para levantar mais uma taça de campeão estaudal. O Galo precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença para trazer a taça para Campina Grande.

Ficha técnica

Treze 2 x 3 Botafogo-PB
Campeonato Paraibano 2017 (primeiro jogo das finais)
Estádio: Amigão (João Pessoa)

Arbitragem: João Bosco Sátiro; Kildenn Tadeu e Broney Machado

Gols: Jean Carlo (2x) (T); Sapé, Fernandinho, Rafael Oliveira (B)
Cartões amarelos: Ítalo, Jean Carlo, Ferreira, Dedé (T); Rafael Oliveira, Plínio, Djavan, Fernandinho, Jadson, Sapé (B)

Treze: Diego, Ferreira, Fernando Lopes, Ítalo, Rafael Araújo (Caíque); Robson, Dedé, Jean Carlo (Rael), Marcelinho Paraíba (Roger Gaúcho); Dico, Edinho Camutama. Técnico: Celso Teixeira.

Botafogo-PB: Michel Alves, Lito, Plínio, Bruno Maia, Jadson; Djavan, Sapé, Val (Fernandes), Marcinho; Fernandinho (Wanderson), Rafael Oliveira (Gustavo). Técnico: Itamar Schulle. As informações são do Voz da Torcida.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
WhatsApp: (83) 99373-4023
E-mail: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here