Botafogo-PB sofre gol no final e perde mais uma na Copa do Nordeste

    0

    Precisando pontuar urgentemente na Copa do Nordeste, o Botafogo-PB foi até o estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, enfrentar o Ceará. Com um gol no fim, o alvinegro praticamente enterrou as chances de classificação do Belo para a próxima fase.

    O Vozão também não havia conseguido vencer na competição, e precisava da vitória para manter as chances de classificação.

    Marcelo Vilar resolveu mudar o time com relação ao que enfrentou o Fortaleza na última semana. Sem contar com o zagueiro Carlinhos Rech e o volante Zaquel, Mauro entrou na zaga e Potita foi para o ataque, fazendo a equipe sair do 4-5-1 com três volantes para o 4-4-2 com Rafael Oliveira fazendo companhia ao atacante.

    Mas no primeiro tempo pouca coisa aconteceu. Os times se estudaram bastante, mas pouco criaram chances de gol.

    Claramente faltava confiança às duas equipes, justamente pela fraca campanha de ambas na competição. O Belo esperava o Vozão, que tentava criar mas tropeçava na falta de criatividade.

    O jogo ficou interessante só na primeira metade do segundo tempo. A entrada de Assissinho no time cearense deu mais gás para os donos da casa buscar o gol.

    Aos 11 do segundo tempo Ricardinho aproveitou bola escorada por Magno Alves e chutou de fora da área, mas Genivaldo espalmou para o lado.

    Um minuto depois, William Correia recebeu na intermediária e resolveu arriscar. Soltou uma pancada de pé direito, obrigando o camisa 1 do Belo a mandar para escanteio.

    E o Vozão pressionava. Aos 14 minutos Ricardinho cobrou falta de muito longe. O chute forte levou perigo ao arqueiro do time pessoense, que rebateu, afastando a bola.

    O Botafogo-PB conseguiu segurar o ímpeto do Ceará, mas também não criava chances para contra atacar. Carente de criatividade no meio campo, o time não oferecia perigo ao adversário.

    Vilar mudou o time e colocou Juninho na vaga de Potita, Hércules saiu para a entrada de Nata e Bismarck entrou no lugar de Chapinha.

    A primeira e única boa chance do Botafogo-PB no jogo veio apenas aos 32 do segundo tempo. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Rafael Oliveira na entrada da área. Ele girou e chutou com muito perigo, passando a esquerda da meta do Vozão.

    O alvinegro respondeu na sequência. Após boa jogada pela esquerda, Genivaldo saiu mal do gol e não conseguiu defender o chute de Assissinho. No rebote Marcos Aurélio chutou, o arqueiro do Belo se recuperou e salvou o gol. Na continuação, Magno Alves, sem goleiro, mandou por cima da trave.

    De tanto insistir, o Ceará conseguiu abrir o placar no fim do jogo. Aos 40 minutos, Sandro Manoel fez boa jogada pela direita e cruzou na cabeça de Magno Alves, que se antecipou ao zagueiro Mauro e só escorou a bola para as redes.

    O Belo segue sem pontuar na Copa do Nordeste, ocupando a lanterna do Grupo D, praticamente sem chances de classificação para as quartas de final. No próximo domingo o Botafogo-PB faz o Clássico Tradição contra o Treze pelo Campeonato Paraibano. O jogo será no Almeidão às 16h.

    As informações são do blog A Voz da Torcida.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: redacao@paraibaja.com.br

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here