Banda Omelete e cultura popular animam primeira noite da Festa das Neves em JP

    0

    Parques de diversão, maça do amor, balões, batata frita, tiro ao alvo. Esses e outros símbolos da Festa das Neves ganharam as ruas do Centro, nest sábado (1º), na abertura do evento mais tradicional de João Pessoa, que comemora 430 anos no próximo dia 5. Grupos de cultura popular foram responsáveis pela abertura da festa e a “cereja do bolo” ficou por conta da irreverente banda Omelete.

    A noite começou com a apresentação da Lapinha Jesus de Nazaré, de Cabedelo, seguida pela dupla de poestas repentistas Paulo Cruz e Antônio Costa. O grupo de dança Creuza Pires, formado por mulheres da terceira idade, finalizou as apresentações, com o ritmo bem marcado do carimbó.

    O coordenador da Divisão de Cultura Popular da Funjope, Emilson Ribeiro, ressalta a importância de preservar estes grupos, que têm entrado num processo de extinção. “Na década de 50 havia concursos de lapinhas na cidade. Hoje não existe nenhum grupo de lapinha infantil em João Pessoa. É preciso trazer à tona o que resta de cultura popular no país”, chamou a atenção.

    Com 22 anos de estrada, a banda Omelete encerrou a programação musical da noite, com um repertório recheado de brega dos anos 1970. Estamos muito felizes em participar de mais do aniversário de João Pessoa, porque a banda Omelete é a cara da cidade”, disse o vocalista Sinfrônio Petrônio. Esta é a quarta vez que a banda se apresenta no palco da Festa da Neves.

    O show foi marcado pelas canções de grandes ícones do brega, como Waldick Soriano, Wando, Sidnei magal e Reginaldo Rossi. “Nós somos uma banda cult que reverenciam o brega antigo e o público canta da primeira a última música”, acrescentou Sinfrônio, antes de subir ao palco.

    Tradição –
    A assistente administrativa Dailine Carmem da Silva, de 37 anos, tem uma filha de 13 anos. Desde que Maria Clara Lins nasceu, Dailine não perde um ano de festa. “Já virou tradição. Todo ano combino com algumas amigas para trazermos os nossos filhos”, contou. Maria Clara tem uma atração preferida na festa, o brinquedo Samba, e diz que quando for mãe fará questão de levar os filhos para a festa.

    E por falar em tradição, a Monga continua disputada e despertando a curiosidade dos mais novos. Cecília Veloso e Benito Mota, ambos com 22 anos, decidiram enfrentar a “fera” pela primeira vez este ano. “Quando eu era criança minha mãe não deixava eu ir, e Cecília tinha medo”, conta Benito.  Para Cecília, a “aventura” tem gosto de nostalgia, um sentimento que tem tudo a ver com a festa.

    Programação da Festa das Neves 2015 neste domingo:

    Pavilhão dos Brincantes (Ponto de Cem Réis):

    02/08 (domingo):
    18h30 – Coco de Embolada com os Mestres Frank e Nazar;
    19h30 – Tambores do Forte de Cabedelo;

    Shows musicais (Ponto de Cem Réis):

    02/08 (domingo):
    20h – Banda Os Caras

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here