Anísio Maia ironiza deputado investigado por corrupção: “foi pego com a boca na botija”

    0

    O deputado estadual Anísio Maia (PT) repercutiu, nesta quinta-feira (1), no plenário da Assembleia Legislativa, a denúncia feita pelo Ministério Público da Suíça, de que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), tem diversas contas bancárias naquele país. “Ter conta no exterior não é um crime, desde que ela seja declarada e regular. Mas, não declarar receita, sim. De onde vieram estes recursos?”, questionou o petista.

    Cunha é suspeito dos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva. De acordo com a Procuradoria Geral da República, os autos da investigação contra Cunha enviados ao Brasil serão examinados pelo Procurador-Geral Rodrigo Janot e pelo Supremo Tribunal Federal.

    O peemedebista, que até o momento vinha sendo isentado das investigações da Operação Lava Jato, pela Justiça Brasileira, agora foi pego com a ‘boca na botija’. “Os patrocinadores da Lava- Jato terão que explicar por quê não investigaram Eduardo Cunha. Infelizmente foi preciso vir alguém da Suíça para abrir o leque da apuração dos fatos.”, disse Anísio.

    Para Anísio Maia, é preciso ter muito cuidado com paladinos da justiça. “Políticos como ele só existem baseados na interferência do poder econômico. Ele dizia que livraria o Brasil da corrupção e que iria moralizar a política brasileira. Agora, foi comprovado que é um homem sem moral”, concluiu o petista.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: [email protected]

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here