87% dos brasileiros acreditam que economia do país anda mal, diz pesquisa internacional

    0

    Os brasileiros estão entre os quatro públicos mais insatisfeitos com o estado da economia, entre 40 economias pesquisadas pelo Pew Research Center, referência global em matéria de pesquisa: 87% dos brasileiros dizem que a economia anda mal contra apenas 13% que acham que está bem.

    O que impressiona na pesquisa é que até os venezuelanos estão menos pessimistas: 83% dizem que a economia vai mal, o que é perfeitamente compreensível quando se sabe que a inflação é tão alta que o governo esconde os dados, enquanto o setor privado calcula algo em torno de 120% para este ano.

    O Fundo Monetário Internacional, por sua vez, prevê que o retrocesso da economia venezuelana, este ano, será de 7% – um recorde na América Latina. Mesmo assim, os brasileiros são ainda mais pessimistas.

    Nos 21 países emergentes pesquisados, o Brasil só tem perspectiva menos negativa do que o Líbano (89% acham que a economia vai mal) e a Ucrânia (94% têm idêntico sentimento). Mas são dois países praticamente em guerra. O Líbano, por estar na área de atuação do Estado Islâmico, em guerra aberta contra o Ocidente e contra os muçulmanos xiitas.

    A Ucrânia por ter parte de seu território ocupado por forças russas travestidas de separatistas locais. O terceiro país com sentimentos mais negativos do que o Brasil é a Itália (88% acham que a economia vai mal).

    No conjunto dos 40 países pesquisados, há mais pessimistas que otimistas: nos países avançados, 56% acham que a economia vai mal, para 40% que dizem que é o contrário. Nos países emergentes e nos em desenvolvimento, o resultado é praticamente igual (55% e 54% de pessimistas, respectivamente).

    O lado positivo da pesquisa é o crescimento acentuado das pessoas que estão satisfeitas com a economia nas três grandes economias do mundo rico (Japão, Estados Unidos e União Europeia). No Japão, subiu 30 pontos o percentual de otimistas desde o pico de desalento de 2002 e 2012. Nos EUA, 23 pontos percentuais de gente mais animada sobre o pior nível (2009).

    Na União Europeia também houve uma melhora de 23 pontos percentuais no sentimentos positivo.

    As informações são da Folha de SP.

    Comente

    Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
    Facebook, Twitter e Youtube.

    Interaja com o Paraíba Já:
    WhatsApp: (83) 99373-4023
    E-mail: redacao@paraibaja.com.br

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Please enter your comment!
    Please enter your name here