Zé Aldemir entra na mira do MP mais uma vez; desta vez, por supostamente reter pagamento de servidora

O prefeito de Cajazeiras, Zé Aldemir (Progressistas), está sendo investigado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) por reter parte do salário de uma servidora que deveria ser destinado à Caixa Econômica Federal em virtude da realização de um empréstimo consignado.

O convênio entre a Prefeitura de Cajazeiras e a Caixa para a realização de empréstimos e financiamentos com consignação em folha de pagamento foi celebrado no ano passado. Até então, apenas uma servidora reclamou do não repasse dos recursos o que, se caracterizado o dolo do gestor, pode ser considerado enriquecimento ilícito.

Zé Aldemir será notificado para, no prazo de 15 dias, submeter à Promotoria de Justiça de Cajazeiras defesa escrita sobre a denúncia.

Confira o despacho de instauração do inquérito:

Comente