- Publicidade -
Política

Xeque-Mate: Luceninha nega pressão de Fabiano Gomes para renunciar cargo

Ex-prefeito foi ouvido pela Polícia Federal dentro da fase processual das investigações da Operação Xeque-Mate

O ex-prefeito de Cabedelo, José Maria de Lucena Filho (Luceninha), prestou depoimento à Policia Federal na última terça-feira (19), e afirmou não ter sofrido qualquer tipo de pressão por parte do radialista Fabiano Gomes para renunciar ao cargo de prefeito.

- Continua depois da publicidade -

Luceninha foi ouvido na Polícia Federal acompanhado por seu advogado, Rodrigo Santos, dentro da fase processual das investigações da Operação Xeque-Mate.

Além de negar pressão do radialista, Luceninha afirmou que foi ao flat de Fabiano Gomes já com a decisão tomada e para pedir ajuda para a redação de sua carta-renúncia, alegando que não conseguia mais cumprir as despesas administrativas da Prefeitura de Cabedelo. As informações são do PB Agora.

Comente

Redação Paraíba Já

Fundado em maio de 2010, o Paraíba Já é um portal de notícias sediado em João Pessoa (PB), que tem compromisso com a verdade, fazendo um jornalismo de qualidade e relevância social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar