“Vou te amar eternamente”, diz mãe de criança que morreu após ter atendimento negado, em JP

A mãe da Alice, criança que faleceu no último sábado (25) após ter o atendimento negado no Hospital João Paulo II, em João Pessoa, publicou uma foto onde aparece sorrindo com a filha. Jéssica Bruna fez uma homenagem a filha nas redes sociais.

Jéssica lembrou que enquanto a tinha ao lado, tentou lhe oferecer os maiores prazeres da vida e fazer dela uma criança feliz. Ao finalizar, ela afirmou que não conseguia escrever mais nada, “só que vou te amar eternamente como sempre te falei! Meu ANJO”.

Entenda o caso

De acordo com o relato publicado nas redes sociais, a mãe de Alice procurou atendimento no Hospital João Paulo II, mas foi negado. Conforme as informações, os profissionais da unidade também não se preocuparam com o estado de saúde da criança, que foi encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma após os responsáveis gravarem imagens da situação.

Ainda de acordo com a publicação, a médica responsável pelo atendimento se retirou do local sem avaliar o quadro clínico da criança, que estava nos braços da mãe, o que causou a indignação.

Alice tinha plano de saúde da Smile Saúde há cinco meses, mas só foi informado aos pais que o plano conta com seis meses de carência para internação após a procura por atendimento.

A autorização para que a criança fosse internada foi negada pelo plano e o Hospital João Paulo II também negou, justificando o posicionamento da Smile Saúde, mesmo sendo um caso de emergência.

Confira publicação:

Comente