Votação para novo reitor da Universidade Federal da Paraíba acontece nesta quarta

Lista tríplice, com os três primeiros nomes mais votados para cada cargo, será enviada para o Ministério da Educação até 11 de setembro

A comunidade acadêmica da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) escolherá seus novos reitor e vice-reitor, para mandato de quatro anos, nesta quarta-feira (26), por meio do sistema SigEleição, das 7 às 22h. Esta é a primeira vez que a consulta será on-line.

A comissão da UFPB que organiza a consulta on-line, presidida pelo professor Ângelo Melo, avalia positivamente o processo até agora. “Houve todo um período de divulgação diferente na história da UFPB, porque foi totalmente virtual, através de todas as mídias possíveis”, analisa o docente.

Para o presidente da comissão organizadora, o fato de a consulta ser, pela primeira vez, on-line trouxe preocupações. Ainda assim, foi possível realizar um bom trabalho até hoje, véspera da eleição. “Conseguimos cumprir com todas as etapas previstas pela Resolução Nº 04/2020 do Conselho Universitário (Consuni) da UFPB, que regulamenta a consulta prévia”.

Embora tenham ocorrido divergências interpretativas acerca de um ou de outro ato que teria infringido a Resolução Nº 04/2020, Ângelo Melo destaca que as três chapas concorrentes se trataram com muita ética e respeito. “Para isso, existem a comissão organizadora, a comissão de ética. Mas não tivemos grandes problemas até agora. Todo mundo se comportou muito bem”.

Consulta teste foi realizada na última quinta-feira (20), para avaliação do sistema eletrônico, que funcionou muito bem. Os representantes das candidaturas, que fazem parte da comissão organizadora como ouvintes, acompanharam o processo. “A Superintendência de Tecnologia da Informação (STI) da UFPB, que desenvolve toda parte técnica do sistema SigEleição, avaliou muito bem. O sistema se comportou com rapidez e desenvoltura”.

De acordo com Ângelo Melo, está tudo pronto para a primeira consulta on-line da UFPB. “Realizamos última reunião na tarde desta terça (25), para ajustes finais. Amanhã, antes das 7h, irei iniciar o sistema, assim como preconiza a Resolução Nº 04/2020, de maneira presencial. Irá apenas eu da comissão, para não haver aglomeração devido à pandemia da Covid-19, mais um ou dois técnicos da STI”.

O presidente da comissão da UFPB reforça que a consulta on-line será completamente remota. “Ficarei em casa sobreaviso. Haverá nada presencial. Tudo será virtual. Inclusive os outros sistemas da UFPB não funcionarão amanhã. Funcionará apenas o SigEleição”.

Durante a votação, das 7 às 22h, apenas técnicos da STI ficarão de plantão na unidade, no campus I, em João Pessoa, para fazer a manutenção do sistema, a fim de que ocorra tudo bem.

“Se tiver alguma urgência, eu irei à STI. Mas, a priori, acompanharei todo o processo de maneira remota. Ao final do dia, às 22h, irei, mais uma vez, à STI, para encerrar o processo, mais os técnicos da STI. Logo em seguida, terá início o processo de apuração. O resultado deve sair em  alguns minutos. Esse tempo dependerá do número de votantes”.

Depois da apuração, será publicado, no site da comissão organizadora, um boletim baseado nas determinações da Resolução Nº 04/2020, com os resultados da consulta on-line. Notícia também será publicada pela Assessoria de Comunicação Social (Ascom) da UFPB, para que a comunidade acadêmica tenha conhecimento dos números.

“A expectativa de participação é muito boa. Nesta quarta-feira (26), a comunidade acadêmica da UFPB poderá exercer este ato democrático, expressando sua vontade entre as candidaturas homologadas. Será um ato muito simples, rápido, que poderá ser feito de casa, de maneira prática. Não haverá grandes esforços, além de avaliar todas as propostas das chapas concorrentes. A expectativa da comissão é muito alta com relação a uma boa participação da comunidade universitária”, finaliza Ângelo Melo.

As três candidaturas que concorrem, por ordem de numeração das chapas, são estas: “UFPB em primeiro lugar” (Chapa 1) – Isac Almeida de Medeiros (reitor) e Regina Celi Mendes Pereira da Silva (vice-reitora); “Inovação com inclusão” (Chapa 2) – Terezinha Domiciano Dantas Martins (reitora) e Mônica Nóbrega (vice-reitora); e “Orgulho de ser UFPB” (Chapa 3) – Valdiney Veloso Gouveia (reitor) e Liana Filgueira Albuquerque (vice-reitora).  

Poderão votar professores e técnico-administrativos do quadro permanente da UFPB e em efetivo exercício, e discentes da UFPB formalmente matriculados nos cursos de médio e profissionalizante, graduação e tecnológico, pós-graduação (stricto sensu), mestrados (acadêmicos e profissionalizantes), doutorados e pós-graduação (lato sensu), nas modalidades de especialização, residência médica, residência multiprofissional e residência em área profissional da saúde.

O resultado da consulta será homologado em 3 de setembro, pelo Conselho Universitário (Consuni) da UFPB. A lista tríplice, com os três primeiros nomes mais votados para cada cargo, será enviada para o Ministério da Educação (MEC) até 11 de setembro. Tradicionalmente, a pasta nomeia os nomes mais votados pela comunidade universitária para cada cargo.

Comente