Vigilantes de carros-fortes pedem aumento salarial e entram em greve na PB

Os vigilantes de carros-fortes entraram em greve por tempo indeterminado, nesta segunda-feira (29), na Paraíba. De acordo com o presidente do Sindicato dos Empregados em Empresas de Segurança de Transportadoras de Valores, Laudivan Gonçalves, a greve acontece por tempo indeterminado.

O presidente da categoria informou que os vigilantes pedem o aumento de 5% no salário, além de reajuste também no vale-alimentação. Conforme Laudivan, ainda não houve negociação com o sindicato patronal.

Os vigilantes estão concentrados em duas empresas privadas de segurança a carros-fortes, nos bairros de Manaíra e Mandacaru, em João Pessoa. As informações são do G1 PB.

Comente