Vice-presidente do PSL, Julian ignora crise do partido com Bolsonaro e reafirma apoio a presidente

O deputado federal, presidente do PSL na Paraíba e vice-presidente da sigla nacionalmente, Julian Lemos, ignorou a crise entre o presidente Jair Bolsonaro e o partido e manteve a “lealdade” ao chefe do Executivo.

“Andei e andarei até o último dia desse mandato ao lado dele, por minhas convicções, porque sou leal e pelo Brasil”, postou.

Bolsonaro defendeu mudanças em diretórios do partido e a prestação de contas do partido.

Confira a postagem:

Comente