Versão digital do Salão do Artesanato da Paraíba inscreve até domingo

As artesãos paraibanos têm até este domingo (13) para se inscreverem no 32° Salão do Artesanato da Paraíba que, por conta da pandemia, será realizado em um formato totalmente virtual de janeiro a fevereiro de 2021. As inscrições devem ser feitas pelo site www.pap.gov.pb.br

Ao todo, serão selecionados 400 profissionais, contemplando as mais diversas tipologias. Os artesãos, graças a uma parceria firmada entre o Governo do Estado e o Sebrae, terão à disposição uma grande plataforma de marketplace para a comercialização dos produtos.

“Essa edição totalmente virtual do 32° Salão do Artesanato da Paraíba vem confirmar todos os esforços do governador João Azevêdo, da presidente de Honra do Programa do Artesanato (PAP), Ana Maria Lins, de todos nós que fazemos o PAP, mas também o reconhecimento da importância do evento para o artesão paraibano”, disse a gestora do PAP, Marielza Rodriguez.

A plataforma de marketplace abrigará 400 expositores. Cada um deles terá direito de cadastrar 100 produtos, com cinco fotos para cada um deles. Nesta versão digital, o Salão vai homenagear artesãos que trabalham com retalhos nas técnicas de fuxico e patchwork, criando uma identidade visual colorida e alegre para atrair ainda mais o público visitante da loja on-line.

O gerente comercial do Sebrae, Franco Fred Tavares, ressaltou a parceria com o Governo do Estado na realização do evento. “A pandemia tem trazido muitas tristezas, mas também a possibilidade de se reinventar. E essa edição totalmente digital do Salão do Artesanato demonstra isso. Não tenho dúvidas que a expertise do Governo do Estado na divulgação, que com a nossa expertise em vendas criarão grandes oportunidades para o artesão paraibano”, acrescentou.

Inscrições – Para se inscrever no 32° Salão do Artesanato da Paraíba é necessário ser maior de 18 anos. Caso o artesão não seja paraibano, precisa ser radicado no estado há mais de dois anos.

Outro requisito é ter a Carteira Nacional de Artesão válida (Sicab) ou ser trabalhador manual inscrito no Microempreendedor Individual (MEI) com CNPJ válido.

Na hora da inscrição, o artesão deve preencher todos os campos do formulário de inscrição – disponibilizado no site do PAP – com informações corretas e válidas.

Após a seleção, o artesão deverá fornecer os dados e fotos para a exposição dos produtos, além de participar de um curso de capacitação oferecido aos expositores pelo Sebrae.