Vereadores de Conde atacam imprensa e presidente sugere ações judiciais contra o Paraíba Já

A sessão da Câmara de Conde nesta segunda-feira (10) foi pautada pelos indícios de irregularidades nos gastos com diárias revelados por uma série de reportagens do Paraíba Já. Durante a sessão, os vereadores atacaram o site e um dos parlamentares chegou a ameaçar prestar um Boletim de Ocorrência contra a editora deste portal, Edilane Ferreira.

+ Vereador de Conde diz que vai procurar polícia para rebater reportagem do Paraíba Já

+ Farra das diárias: vereadores recebem para irem a eventos em Natal, mas ficam em Conde

O presidente da Casa, Carlos Manga Rosa, chegou a declarar que acionaria o Paraíba Já judicialmente para obter direito de resposta. Sobre estas alegações, a reportagem informa que tem registros telefônicos e em vídeo das diversas tentativas de contato com os vereadores citados nas reportagens.

“Todos os vereadores têm suas notas fiscais, de janeiro para cá, todas as viagens fizeram, cada um tirou nota fiscal, tirou foto, tem seu certificado. Cada um que foi e foi dito que não foi, quiser acionar a Justiça contra o site com direito de resposta, porque se disse que o vereador não foi e ele estava lá, tem direito de resposta, direito de comprovar que estava lá, a Procuradoria da Casa está à disposição dos senhores para que possam fazer isso”, afirmou Manga Rosa.

Após a sessão, o vereador Josélio Jogador, citado numa reportagem sobre indícios de que não compareceu em evento realizado em Natal mas embolsou diárias, ameaçou prestar um Boletim de Ocorrência contra a editora deste portal.

Comente