Vereadores de Bayeux dizem que não aceitam interferência na escolha da Mesa

De acordo com a nota, os parlamentares atribuem à gestão municipal a tentativa de desarticular o grupo e eleger um presidente alinhado com a situação

Em nota emitida na tarde deste sábado (5), o chamado G11, grupo formado pelos vereadores Nôquinha, Nildo de Inácio, Dani de Kita, França, Rosiene Sarinho, Pastor Josimar Varsale, Hemerson Caminhoneiro, Val da Norece, Cal do Sesi, Nildo da casa Branca e Betinho da RS, da cidade de Bayeux, se defenderam do que consideram ‘fake news’ propagadas na cidade com o intuito de desgastar o bloco, que se organizou e já tem articuladas as composições da Mesa Diretora da Câmara Municipal na próxima legislatura.

De acordo com a nota, os vereadores atribuem à gestão municipal a tentativa de desarticular o grupo e eleger um presidente alinhado com a situação, o que, para eles, seria submeter o Poder Legislativo ao crivo do Executivo, fato que não ocorrerá, segundo os parlamentares.

Na nota, eles ainda garantem que tomarão medidas judiciais contra os propagadores das chamadas falsas informações.

Confira a nota, na íntegra:

NOTA

O grupo de vereadores e vereadoras intitulado “G11”, composto pelos vereadores Nôquinha, Nildo de Inácio, Dani de Kita, França, Rosiene Sarinho, Pastor Josimar Varsale, Hemerson Caminhoneiro, Val da Norece, Cal do Sesi, Nildo da casa Branca e Betinho da RS, vem repudiar veementente as últimas tentativas de denegrir a imagem desses parlamentares com a propagação de fake news por toda cidade, dando conta da existência de cartas-renúncia, levantando suspeição, fazendo acusações levianas contra agentes políticos eleitos e eleitas legitimamente, de forma democrática, para defender os interesses do povo.

O documento veiculado, usado para tais acusações, nada mais é do que um documento forjado, fruto de uma articulação obscura e da tentativa do Poder Executivo local de interferir na formação da Mesa Diretora da Câmara Municipal, que aponta para o posicionamento da independência em relação à atual gestão, reeleita para o próximo quadriênio e que quer eleger uma mesa submissa, fazendo-a extensão da prefeitura naquela casa legislativa.

Os poderes constituídos são harmônicos, porém, independentes e, por isso, não aceitaremos qualquer interferência externa ao processo legítimo de escolha do comanda da Casa Severaque Dionísio, reafirmando o nosso compromisso de trabalhar para fazer a nossa cidade avançar na elaboração e construção de leis e iniciativas que visem a melhoria de vida do nosso povo.

Medidas judiciais serão tomadas para que os responsáveis pela propagação de falsas informações sejam punidos no rigor da lei.

Assinam:

Mauri Batista (Nôquinha)
PTC

Nildo de Inácio
Progressistas

Dani de Kita
Cidadania

França
PL

Rosiene Sarinho
Progressistas

Pastor Josimar Varsale
Progressistas

Hemerson Caminhoneiro
Progressistas

Val da Norece
Republicanos

Cal do Sesi
PTB

Nildo da casa Branca
PTB

Betinho da RS
PDT