Os vereadores de Bayeux votam nesta terça-feira (20) o pedido de cassação do prefeito interino do município, Luiz Antônio (PSDB).

Ele é acusado de usar a máquina pública em causa própria após vazamento de áudio no qual supostamente orientava funcionários da comunicação do município a atacarem o deputado federal André Amaral (MDB).

Para perder o cargo são necessários 12 dos 17 votos possíveis no Legislativo. Em tese, Luiz Antônio já conta com dois votos certos contra, uma vez que os vereadores Uedson Luiz Silva (PSL) e Leco (PSB), respectivamente relator e presidente da comissão processante que o investigou, aprovaram o parecer pela cassação do prefeito.

Comente

Camara Municipal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here