Vereador preso em Princesa Isabel planejava matar colega de parlamento

Vereador preso em Princesa Isabel planejava matar colega de parlamentoO vereador Rinaldo do Gavião (foto), do PSB, foi preso, nesta sexta-feira (17), suspeito de liderar um grupo de extermínio em Princesa Isabel, no Sertão da Paraíba. Ele é o principal alvo da operação ‘Manto da Justiça’, deflagrada pela Polícia Civil nesta madrugada.

Segundo o delegado Cristiano Jaques, Rinaldo do Gavião planejava matar um vereador e um outro ex-parlamentar, além de mais três pessoas.

Ainda segundo o delegado, a ordem para matar o vereador foi motivada por disputas na Câmara. O socialista foi encaminhado para o presídio de Segurança Máxima, em João Pessoa. Além de Rinaldo Gavião, outras três pessoas também foram presas.

O delegado também informou que o grupo de extermínio foi responsável pelas mortes de José Bernardino Neto, em Tavares; de um homem conhecido como Joaquim das Passagens, em Princesa Isabel; e dos pistoleiros Raniere e Paulinho. Além disso, eles teriam tentado matar o indivíduo conhecido como ‘Peba’, e tinham planos para outras execuções.

Coordenaram a ação os delegados André Rabelo e Cristiano Jacques, da Polícia Civil, em ação conjunta com o Coronel Campos e o Capitão Firmino Veras, da Polícia Militar na região. A operação é coordenada pelas Polícias Civil (16ºDSPC) e Militar (5ª CIA\NI) de Princesa Isabel, com apoio da 3ªSRPC e 3º CRPM, além do apoio do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil-GOE.