Publicidade
Política

Vereador fala em “higienização social” no Porto do Capim: “PMJP é contra a pobreza”

Socialista lembrou que várias pessoas ricas moram em áreas de preservação ambiental e jamais foram notificadas

O vereador Tibério Limeira (PSB) usou a tribuna da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) nessa quinta-feira (21) para fazer uma análise mais elaborada sobre o imbróglio envolvendo a comunidade do Porto do Capim e a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). Para o parlamentar-mirim de oposição, está havendo um processo de “higienização social” no local, ao se referir a notificação de despejo emitida pela PMJP aos moradores do local.

- Continua depois da publicidade -

“Eles querem algo que é um termo já usado nas grandes cidades, foi usado em São Paulo, no Centro do Rio de Janeiro, que é higienização social. Entende-se que o parque vai ficar feio se tiver pessoas pobres morando por lá. É essa a visão hoje da Prefeitura Municipal de João Pessoa, que é contra a pobreza. É uma luta dos ricos contra os pobres da nossa cidade e a Prefeitura já disse de que lado está”, disparou.

De acordo com Tibério, existem problemas crônicos de pessoas alojadas em locais de preservação ambiental em João Pessoa. Porém, a ordem de despejo só chega na casa dos mais pobres.

“Diz-se que eles estão em área de preservação permanente. Aí eu pergunto: tem um shopping construído em área de proteção permanente, nas margens do Rio Jaguaribe. Quantas vezes o shopping recebeu ordem de despejo? Quantas outras habitações, no Bessa por exemplo, estão na faixa de praia e quantas ordens de despejo receberam? Nenhuma, porque são ricos”, ponderou.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar