Vereador denuncia prefeito de Itaporanga de descumprir próprio decreto e promover festa

Conforme informações,  como teve aglomeração de pessoas, a Polícia Militar precisou intervir e ir até o local para encerrar o evento

O prefeito de Itaporanga, Divaldo Dantas, conforme denúncia do vereador Jailson de Zeca, descumpriu o próprio decreto que aumenta as medidas restritivas de isolamento social na cidade e promoveu uma festa, no último sábado (2).
De acordo com o vereador, a festa promovida pelo gestor da cidade foi em uma área de lazer da sua propriedade que fica próximo à cidade. A festa ocorreu no mesmo dia em que o primeiro caso de coronavírus foi confirmado na cidade.
Nesta segunda-feira (4), o comércio da cidade sofreu restrições em seu funcionamento, que havia sido relaxado pela prefeitura recentemente. Conforme informações,  como teve aglomeração de pessoas, a Polícia Militar precisou intervir e ir até o local para encerrar o evento, explicando a importância da ação diante da proliferação do vírus.
“O que o prefeito exige, ele não cumpre. Já o comércio não pode abrir. Ninguém pode trabalhar porque a doença está espalhando. A atitude do prefeito acontece no mesmo em que sua secretária da saúde confirma um caso de covid-19 no município. O prefeito deve explicações sobre isso”, declarou o vereador Jailson.
No Decreto nº 172/20, em seu art. 2º, diz que que “bares, áreas de lazer, clubes aquáticos, balneários, similares e afins”, os quais manterão fechado o acesso ao público.
Itaporanga voltou, nesta segunda, a restringir o funcionamento do comércio, fazer barreiras sanitárias e proibir festas, eventos, cultos e missas, além de proibir qualquer tipo de aglomeração.

Comente