Veneziano detona Governo Bolsonaro diante da crise da Covid-19 no país

"Tem incapacidade de articular, de criar laços, de permanecer institucionalmente a altura que exige o cargo", analisou o senador paraibano

O Governo Bolsonaro e suas instabilidades, desde que o presidente assumiu ter projeto de poder pessoal, passa por inabilidade de ciar laços e articulação. As conjecturas são do senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB) durante entrevista nesta semana. O congressista paraibano também criticou a postura do Chefe de Estado ao desrespeitar a postura institucional com a qual vem tratando no âmbito da crise do coronavírus no país.

Veneziano também chamou a atenção para as recentes acusações levantadas pelo ministro Sérgio Moro, que revelou a tentativa de interferência política do presidente na Polícia Federal, a qual classificou como denúncias preocupantes.

“Esses episódios que são gerados desde os primeiros momentos que o presidente assumiu, de instabilidade, tem como causa maior o próprio presidente. A sua pouca capacidade ou plena incapacidade de articular, de criar laços, de permanecer institucionalmente a altura que exige o cargo de presidente da República”, disse o senador.

“As acusações que foram feitas são extremamente delicadas e precisam ser apreciadas pelo Supremo Tribunal Federal, inclusive, quem sabe, pelo próprio Congresso Nacional, assim como também se perguntar ao ex-ministro Moro por quais razões ao ter sido instado pelo presidente da República, à época, não ter reagido como deveria. Mas eu vejo com preocupações, em que pese seja o momento para tratar da Covid-19”, finalizou.