Unifacisa sofre virada do Mogi no último segundo e perde 3º jogo da ‘tour’ fora de casa

Apesar de grande atuação coletiva e último quarto dominante, o basquete Unifacisa deixou a vitória escapar nos segundos finais, conhecendo sua segunda derrota nesta sequência de jogos fora de casa.

O confronto aconteceu na manhã deste domingo, 02, às 11h, no Ginásio Prof. Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes. Os destaques da partida ficam para o ala, Dixson, que anotou 19 pontos e 4 rebotes, e para o armador, Nate Barnes, com 18 pontos e 8 assistências. Além deles, a dupla de pivôs, Douglas Nunes e João Vitor, também tiveram grande atuação com 15 e 12 pontos, respectivamente.

Mesmo com a derrota o time da Unifacisa permanece na sétima colocação e viaja para enfrentar o São José, na próxima terça-feira, 04, às 20h, no Ginásio Lineu Moura, em sua última partida fora de casa. A partida será transmitida pelo Twitch.

O Basquete Unifacisa começou muito bem a partida contra o Mogi, com um ataque muito fluído e uma defesa bem postada, anotou 11 pontos seguidos contra nenhum do adversário nos primeiros 2 minutos de partida. Após vantagem aberta, a Unifacisa teve um pequeno período de baixa, deixando o Mogi chegar no placar. Mesmo com a reação, o time de Campina Grande sempre esteve a frente no placar, nas bolas de 3, a Unifacisa brilhou no primeiro período, tomando ótimas decisões nos arremessos e convertendo 55.6% no lances do perímetro, abrindo vantagem novamente.

O segundo quarto foi quente e mais equilibrado, os times se estudaram mais, com baixa eficiência na linha do lance, a Unifacisa permitiu pouco a pouco a aproximação do Mogi. Quando o jogo parecia se encaminhar para um empate, o time do Mogi se desentendeu, o técnico Guerrinha foi expulso após reclamar com a arbitragem em uma falta antidesportiva cometida pelo pivô do Mogi, Paranhos, em cima do João Vitor. A Unifacisa aproveitou o momento para segurar sua vantagem no fim do segundo tempo, pelo placar de 49 a 43.

O Mogi veio determinado a buscar o placar, atualmente na terceira colocação na tabela, o time ajustou sua marcação e virou o jogo em um momento de grande baixa da Unifacisa.

No último quarto, com muita determinação, o basquete Unifacisa fechou o garrafão e deixou os lances de longa e média distância como única opção para o time de Mogi das Cruzes. Mas, apesar da boa atuação da Unifacisa, o time não resistiu a pressão do Mogi, que buscou a diferença e com uma bola de 3 no zerar do cronometro, do seu armador, André Góis, venceu o jogo por 96 a 94.

Comente