UFPB oferta mais de 100 vagas em curso para Educação de Jovens e Adultos

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) está com as matrículas abertas para mais de 100 novas vagas em curso do Ensino Médio para Educação de Jovens e Adultos (EJA), abertas ao público em geral. Interessados podem se matricular até o dia 18 de janeiro.

São ofertados o ciclo 5, que corresponde ao 1º e 2º ano, e o ciclo 6, correspondente ao 3º ano do Ensino Médio. Serão oferecidas 11 turmas no Centro de Educação (CE), no período da tarde, das 13h às 17h, e no horário da noite, das 19h às 22h.

O quantitativo de vagas foi informado pela coordenadora do Núcleo de Educação de Jovens e Adultos do Ensino Médio (NEJAEM), Maria de Fátima dos Santos Oliveira. Além das mais de 100 novas vagas, a ação garante a matrícula daqueles que já são alunos da EJA. As aulas estão previstas para começar no dia 18 de fevereiro.

Para fazer o curso, a idade mínima exigida é de 18 anos e outro critério é estar fora da continuidade escolar, ou seja, quem não concluiu o ensino médio no tempo regular.

As matrículas podem ser realizadas presencialmente, no NEJAEM, em funcionamento no Centro de Educação (CE) da UFPB. Para auxiliar o aluno a realizar essa matrícula presencial, o NEJAEM disponibiliza um formulário para coletar as informações dos interessados. Como a iniciativa é realizada em parceria com a Secretaria de Estado da Educação da Paraíba, também é possível realizar a matrícula pelo site do e-Saber.

Curso técnico

No período de 11 a 18 de janeiro, serão abertas inscrições para o processo seletivo dos alunos matriculados no EJA para vagas ofertadas no curso técnico de em Cuidados de Idosos, do Centro Profissional e Tecnológico – Escola Técnica de Saúde (CPT-ETS), por meio de uma parceria, segundo informou a coordenadora do NEJAEM. O processo seletivo consistirá em uma produção textual. Serão oferecidas 20 vagas.

Ainda de acordo com Maria de Fátima dos Santos Oliveira, o curso técnico será ofertado na modalidade concomitante. “Ao mesmo tempo o aluno fará a EJA e o curso técnico”, explicou. Ainda segundo ela, posteriormente, está prevista a abertura de vagas para um preparatório para o Enem, ainda neste semestre.

O vice-coordenador do NEJAEM, Manoel Rabelo, pontuou a importância dessas pessoas terem de volta a oportunidade de escolarização, de concluir o ensino médio, de fazer um curso técnico, adquirir uma certificação, uma profissão.

A iniciativa do EJA começou na UFPB por volta de 1993 como um convênio com a Secretaria de Educação da Paraíba para a formação de técnicos administrativos da Universidade que não possuíam ensino médio. Atualmente, a ação atende a todo o público.

Documentos

Entre os documentos necessários para a matrícula no EJA estão: histórico escolar original, uma foto 3×4 recente, cópias do RG, CPF, certidão de nascimento ou casamento, cartão de vacina da Covid-19, comprovante de quitação eleitoral e título eleitoral, comprovante de residência, número de identificação social (caso possua), comprovante de quitação militar (reservista) para estudantes do sexo masculino, e, se funcionário da UFPB ou dependente, deve apresentar o contra-cheque.

Mais informações podem ser obtidas junto ao NEJAEM, pelo telefone (83) 3216-7477.