UFPB fará testes da Covid-19 em funcionários e alunos a partir de janeiro

Ação, elaborada pela comissão de biossegurança, visa garantir mais segurança ao plano para retorno gradual das atividades presenciais

Testagem para Covid-19 na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) começará em janeiro. Ação visa garantir mais segurança ao plano para retorno gradual das atividades presenciais, elaborado pela comissão de biossegurança para planejamento do retorno das atividades presenciais na federal paraibana.

A data exata do início da operação será definida após a divulgação da escala da equipe de enfermagem responsável pelos trabalhos. Inicialmente, estão previstas 20 coletas diárias, de segunda a sexta-feira, no período da manhã, das 8h ao meio dia, em uma sala da Superintendência de Infraestrutura, no prédio da antiga Prefeitura Universitária da UFPB, no campus I, em João Pessoa.

Poderão fazer o exame do tipo RT-PCR, do inglês reverse-transcriptase polymerase chain reaction, considerado o padrão-ouro no diagnóstico da covid-19, qualquer estudante, professor, técnico-administrativo e terceirizado com sintomas de covid-19.

O RT-PCR é o teste que detecta a presença do RNA (ácido ribonucleico) do novo coronavírus (SARS-CoV-2) em amostra obtida por meio de swab (cotonete), na mucosa do nariz ou da garganta. A coleta deve ser feita entre o terceiro e décimo dia após o início dos sintomas, período da contaminação no qual o vírus está mais presente.

“O teste não é obrigatório, porque pode ser feito em outros espaços públicos e privados. Neste primeiro momento, as coletas serão apenas no campus I, em João Pessoa, devido à complexidade da logística que esse tipo de serviço requer”, explica Carina Carvalho, vice-presidente da comissão de biossegurança para planejamento do retorno das atividades presenciais na UFPB.

A testagem para covid-19 na UFPB será financiada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. O projeto tem a finalidade de ampliar o número de testes na Paraíba. A UFPB realiza exames de covid-19 desde abril, em parceria com o Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba (Lacen-PB).

“Uma parcela dos recursos será destinada à oferta de exames à comunidade universitária da UFPB”, conta o professor Bruno Galvão, um dos envolvidos no diagnóstico de covid-19 na federal paraibana.

Segundo Carina Carvalho, no dia 11 de dezembro, foi realizado, no auditório do Centro de Ciências Médicas da UFPB, no campus I, em João Pessoa, treinamento dos profissionais que serão responsáveis pela coleta na Superintendência de Infraestrutura. A capacitação foi ministrada pelo professor da Escola Técnica de Saúde e coordenador do Laboratório de Vigilância Molecular Aplicada, João Felipe Bezerra.

Na ocasião, a biomédica sanitarista Martha Belo, da Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa, apresentou orientações acerca do gerenciamento de notificações no E-Sus e no Sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), do Ministério da Saúde.

Os dois sistemas têm o objetivo de informatizar dados no âmbito da saúde brasileira. Enquanto no E-Sus é possível registrar casos suspeitos de covid-19, o Sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL) tem por finalidade melhorar a coleta, o controle e o fluxo de informações relevantes que subsidiam os exames de doenças de média e alta complexidade, a exemplo da infecção causada pelo novo coronavírus.

Retorno gradual

A UFPB apresentou plano de retomada das pesquisas de campo e em laboratório em 22 de outubro. Em 10 de novembro, a comissão de biossegurança divulgou plano de retorno gradual das atividades presenciais.

Em 14 de dezembro, o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da UFPB aprovou resolução que prevê ensino híbrido, com atividades on-line e presenciais, para estudantes de graduação, a partir de 3 de março.

A volta gradual dos técnico-administrativos às atividades presenciais depende da publicação de portaria pelo Gabinete da Reitoria da UFPB. As  atividades presenciais na UFPB foram suspensas em 17 de março

Nesta quarta-feira (23), a Paraíba registrou 928 novos casos de covid-19 e dez óbitos, cinco deles ocorridos nas últimas 24 horas. Até o momento, 161.539 pessoas já contraíram a doença, 124.838 se recuperaram e 3.573, infelizmente, faleceram no estado.

Conforme atualização de seis horas atrás, da Wikipédia e JHU CSSE COVID-19 Data, o Brasil soma 7.365.517 casos confirmados, 6.512.717 recuperados e 189.220 mortes por covid-19. No mundo, são 78.704.434 casos confirmados, 44.323.101 recuperados e 1.730.663 mortes por conta do novo coronavírus.

Até então, 521.304 testes para diagnóstico da covid-19 foram realizados no estado da Paraíba. Dúvidas sobre a testagem para covid-19 na UFPB podem ser consultadas através do e-mail biosseguranca@reitoria.ufpb.br.