Trump anuncia que irá proibir TikTok nos EUA a partir deste sábado

Presidente norte-americano não antecipou as medidas, mas disse que poderia usar 'poderes econômicos de emergência' ou 'uma ordem executiva'

O presidente americano, Donald Trump, anunciou na sexta-feira (31) que irá proibir a rede social TikTok nos Estados Unidos, após as autoridades americanas mostrarem preocupação com a possibilidade da plataforma ser usada como ferramenta da inteligência chinesa.

Trump disse a repórteres que viajavam com ele no avião presidencial Air Force One que vai anunciar medidas neste sábado (1º) contra o popular aplicativo de compartilhamento de vídeos.

“No que diz respeito ao TikTok, estamos banindo-os dos Estados Unidos”, disse.
O presidente norte-americano não antecipou as medidas, mas disse que poderia usar “poderes econômicos de emergência” ou “uma ordem executiva” para banir o TikTok nos EUA.

“Bem, eu tenho essa autoridade. Eu posso fazer isso com uma ordem executiva ou …”, disse ele, referindo-se a poderes econômicos emergenciais.

TikTok, um aplicativo de vídeos muito popular entre os jovens e que pertence à ByteDance, uma empresa com sede na China, tem cerca de um bilhão de usuários no mundo.

O The Wall Street Journal e a agência de notícia Bloomberg informaram mais cedo que Trump determinou a venda das operações americanas do TikTok, ao estimar que o serviço poderia ser usado pela inteligência chinesa.

Outros relatórios, incluindo um da Fox News, afirmaram que a Microsoft estava negociando para adquirir a rede social, cujo valor poderia alcançar dezenas de bilhões de dólares.

Funcionários e legisladores americanos expressaram nas últimas semanas preocupação com a possibilidade de o TikTok ser usado pela China como ferramenta de espionagem. A empresa responsável pela rede social nega qualquer vínculo com o governo de Pequim.

O que é o TikTok?

O TikTok é um aplicativo gratuito, uma espécie de versão resumida do YouTube. Os usuários podem postar vídeos de até um minuto e escolher entre um enorme banco de dados de músicas e filtros.

Clips de comédia e citações de filmes também são oferecidos para os usuários sincronizarem os lábios.

Quando um usuário tem mais de mil seguidores, ele também pode fazer transmissões ao vivo para seus fãs e aceitar presentes digitais que podem ser trocados por dinheiro.

O aplicativo exibe tanto os vídeos dos perfis que o usuário segue e, com mais destaque, o conteúdo que o aplicativo escolhe com base no que ele assistiu antes.

A possibilidade de trocar mensagens privadas também está disponível entre os usuários.

Do G1

Comente