- Publicidade -
Política

Tôrres: ataque “fake news” de “soldados” da PMJP a João é resultado do crescimento do socialista nas pesquisas

O secretário de Comunicação Institucional da Paraíba, Luís Tôrres, saiu em defesa do pré-candidato ao PSB para o Governo do Estado, João Azêvedo. O socialista tem sido vítima de  ataques nos últimos dias por opositores políticos. O último dá conta de que João acumularia várias funções na vida pública e por isso receberia alta remuneração.

- Continua depois da publicidade -

“João Azevêdo vem crescendo em pesquisas de intenção de votos e isso vem incomodando a oposição que, naturalmente, já escalou os soldados para atacá-lo. Soldados estes que tem cargo na prefeitura de João Pessoa e, diferentemente de João, não trabalham na gestão. Na prática, João trabalha mais que dez cargos juntos de algumas gestões na Paraíba”, disse.

Segundo Tôrres, um montante enorme de dinheiro já passou pelas mãos de João e em nenhum momento o mesmo foi acusado de superfaturamento ou desvio de finalidade dos recursos. O secretário classificou a nova investida contra João de “fakenews”.

“Por ele, já passaram mais de 6 bilhões de reais de recursos para obras e, diferentemente de outros, não tem ninguém pedindo a devolução de um ou dez milhões de reais por suspeita de irregularidade. Sem recorrer ao fakenews, a oposição não consegue encontrar nada contra João”, finalizou o secretário.

Comente

Fique por dentro de todas as notícias do Paraíba Já nas redes sociais:
Facebook, Twitter e Youtube.

Interaja com o Paraíba Já:
E-mail: [email protected] | WhatsApp: (83) 98176 - 1651

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar